Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Presidente russo assina decreto sobre medidas econômicas em resposta às ações hostis do Ocidente

© Sputnik / Aleksei NikolskyVladimir Putin, presidente da Rússia, durante reunião extraordinária do Conselho de Segurança russo
Vladimir Putin, presidente da Rússia, durante reunião extraordinária do Conselho de Segurança russo - Sputnik Brasil, 1920, 28.02.2022
Nos siga noTelegram
De acordo com o serviço de imprensa do Kremlin, o presidente russo, Vladimir Putin, assinou um decreto sobre medidas econômicas especiais contra os Estados Unidos e seus parceiros.
Segundo o Kremlin, o decreto visa "a aplicação de medidas econômicas especiais em resposta às ações hostis dos Estados Unidos, bem como de estados estrangeiros e organizações internacionais afiliadas", disse a nota.
De acordo com o decreto, a partir de hoje (28), os exportadores russos devem vender 80% da quantidade de moedas estrangeiras creditadas em suas contas bancárias desde 1º de janeiro de 2022.
Além disso, a partir de 1º de março, fica proibido o crédito de moeda estrangeira por residentes russos em suas contas ou depósitos em bancos estrangeiros, bem como transações cambiais relacionadas ao fornecimento de moeda estrangeira por residentes a residentes não russos sob contratos de empréstimo.
O documento ainda permite que os bancos abram contas sem a presença física ao transferir dinheiro de um banco para outro e autoriza às empresas a readquirir suas ações antes do final do ano sob certas condições, como a redução do preço médio das ações a contar de 1º de fevereiro.
A logo da Sociedade Mundial de Telecomunicações Financeiras Interbancárias (SWIFT) com as cores da bandeira russa ao fundo - Sputnik Brasil, 1920, 26.02.2022
Panorama internacional
Todos os bancos russos sob sanções serão excluídos do SWIFT, diz governo alemão
"Este decreto entrará em vigor a partir da data de sua publicação oficial", disse o comunicado.
Os EUA e outros países ativaram várias baterias de sanções individuais e setoriais contra a Rússia depois que Putin assinou na segunda-feira da semana passada (21) os decretos que reconheciam as repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL) anunciando, três dias depois, uma "operação especial militar" na Ucrânia atendendo aos pedidos de ajuda de RPD e RPL diante da agressão de Kiev.
Em um caso sem precedentes, restrições individuais foram estendidas ao presidente russo e ao ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov.
As sanções setoriais, também pela primeira vez, incluem a desconexão parcial da Rússia do sistema da Sociedade Mundial de Telecomunicações Financeiras Interbancárias (SWIFT, na sigla em inglês) e a paralisação das reservas internacionais do banco central russo.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала