Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Regulador de mídia limita acesso ao Facebook na Rússia após empresa descumprir exigências

© REUTERS / Dado RuvicLogotipo tridimensional do Facebook sobre um teclado.
Logotipo tridimensional do Facebook sobre um teclado. - Sputnik Brasil, 1920, 25.02.2022
Nos siga noTelegram
Nos últimos dias, as redes sociais suspenderam a conta da agência de notícias russa RIA Novosti por 90 dias, alegando uma suposta disseminação de "desinformação".
A suspensão ocorreu quando o veículo estava relatando os eventos em torno da operação especial dos militares da Rússia, destinada a proteger as repúblicas populares de Donetsk (RPD) e Lugansk (RPL).
As informações foram confirmadas pelo Serviço Federal de Vigilância na Área das Comunicações, Tecnologias da Informação e Mass Media, Roskomnadzor.
O órgão anunciou uma resposta ao Facebook, limitando o acesso à plataforma social a partir de 25 de fevereiro. O entendimento é de que a gigante das redes sociais "violou os direitos e as liberdades dos russos".
Nos últimos dias, o Facebook censurou quatro meios de comunicação russos. A saber: Zvezda, RIA Novosti, Lenta.ru e Gazeta.ru.
"Essas restrições violam os princípios da livre disseminação de informações e do acesso a elas", explicou Roskomnadzor em comunicado. "Não foram recebidas explicações sobre os motivos das medidas discriminatórias", acrescentou.
O serviço de vigilância revelou que detectou 23 casos de censura na rede social desde outubro de 2020.
Há meses o Facebook e sua controladora, a Meta, ignoram as exigências de Roskomnadzor de remover restrições sobre materiais publicados por vários meios de comunicação russos.
© Sputnik / Алексей Никольский / Abrir o banco de imagensAndrei Lipov, chefe do Serviço Federal de Vigilância na Área das Comunicações, Tecnologias da Informação e Mass Media (Roskomnadzor), participa de reunião com o presidente russo, Vladimir Putin, em Moscou, Rússia, 10 de agosto de 2020.
Em Moscou, Andrei Lipov, chefe do Serviço Federal de Vigilância na Área das Comunicações, Tecnologias da Informação e Mass Media (Roskomnadzor), participa de reunião com presidente russo Vladimir Putin, em 10 de agosto de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 25.02.2022
Andrei Lipov, chefe do Serviço Federal de Vigilância na Área das Comunicações, Tecnologias da Informação e Mass Media (Roskomnadzor), participa de reunião com o presidente russo, Vladimir Putin, em Moscou, Rússia, 10 de agosto de 2020.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала