Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Berlim reforça que OTAN não fez promessa sobre expansão à Rússia mesmo após divulgação de documentos

© REUTERS / Reinhard KrauseBandeira da OTAN em Bruxelas, Bélgica, 10 de julho de 2018
Bandeira da OTAN em Bruxelas, Bélgica, 10 de julho de 2018 - Sputnik Brasil, 1920, 21.02.2022
Nos siga noTelegram
Na semana passada o jornal alemão Spiegel divulgou documentos confidenciais com registro de reuniões entre EUA, URSS, França, Reino Unido e Alemanha, retirados do Arquivo Nacional Britânico.
Em um resumo das reuniões de governo do ano de 1991, consta que países do Ocidente assumiram um compromisso com Moscou de não expandir a aliança da OTAN para além das fronteiras da Alemanha unificada.
O documento revela conversas entre o então secretário de Estado dos EUA e os ministros das Relações Exteriores da Alemanha, França, Reino Unido e URSS em Bonn, na Alemanha, no dia 6 de março de 1991. Segundo o jornal, o texto mostra que os países ocidentais concordaram que a participação de países do Leste Europeu da OTAN seria inaceitável
Bandeira da OTAN em frente do Monumento da Independência em Kiev, Ucrânia, 30 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 19.02.2022
Panorama internacional
Ocidente se comprometeu com não expansão da OTAN para leste em 1991, revela mídia
No entanto, durante pronunciamento nesta segunda-feira (21), o ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Christopher Burger, disse que "não é seu trabalho" ficar interpretando antigos documentos históricos. O ministro afirmou ainda que "um resumo das reuniões de governo não é um certificado histórico".

"Gostaria de afirmar mais uma vez que nem o Acordo '2+4' [sobre a reunificação alemã], nem o Ato Fundador OTAN-Rússia continham promessas à Rússia de que a OTAN não se expandiria para o leste. O Acordo '2+4' não menciona esta questão, e quaisquer declarações contrárias não correspondem à realidade", disse Burger.

A Rússia tem protestado contra a expansão da OTAN desde os anos 1990, considerando que a presença militar do bloco junto de suas fronteiras constitui uma ameaça direta ao país. Vladimir Putin, presidente da Rússia, reconheceu que Mikhail Gorbachev, ex-líder da URSS entre os anos de 1985 e 1991, cometeu um erro ao não converter as negociações sobre a expansão da OTAN em um acordo escrito.
Em dezembro de 2021, Moscou apresentou um pacote de documentos sobre a segurança na Europa. Entre os pontos principais estão o não alargamento da Aliança Atlântica para leste e a não colocação de tropas nas fronteiras entre a Rússia e a OTAN.
Efetivos da Milícia Popular da autoproclamada República Popular de Donetsk atravessam terreno baldio no distrito Petrovsky de Donetsk - Sputnik Brasil, 1920, 21.02.2022
Panorama internacional
Há verdadeira guerra em Donbass, situação já é crítica, diz representante da república de Donetsk
Nos últimos dias se intensificaram as tensões em torno da região de Donbass, com Kiev concentrando forças na linha de separação com as repúblicas populares de Donetsk e Lugansk. Devido à ameaça de uma invasão da Ucrânia, as autoproclamadas repúblicas começaram a evacuação de mulheres, crianças e idosos para a região russa de Rostov e anunciaram a mobilização geral.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала