Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Exército ucraniano nega operações ofensivas em Donbass, diz liderança militar da Ucrânia

© AP Photo / Gleb Garanich / PoolEm Kiev, o comandante-em-chefe das Forças Armadas da Ucrânia, Valery Zaluzhnyi, é fotografado, em 19 de outubro de 2021
Em Kiev, o comandante-em-chefe das Forças Armadas da Ucrânia, Valery Zaluzhnyi, é fotografado, em 19 de outubro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 17.02.2022
Nos siga noTelegram
Nesta quinta-feira (17), Valery Zaluzhnyi, comandante-em-chefe das Forças Armadas da Ucrânia, afirmou que os militares do país não planejam nenhuma operação ofensiva na região leste de Donbass.
Nos últimos dias, a situação na linha de contato entre a Ucrânia e as autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk ficou mais tensa, com as partes se acusando mutuamente por ataques.
"Estamos anunciando oficialmente que as Forças Armadas ucranianas estão implementando integralmente os Acordos de Minsk e o Direito Internacional Humanitário, assim como não estão planejando nenhuma operação ofensiva ou bombardeios contra civis. Nossas ações são apenas de natureza defensiva", disse Zaluzhnyi nesta quinta-feira (17), conforme citado pelo Ministério da Defesa ucraniano.
Zaluzhnyi também acusou a Rússia por quaisquer escaladas de tensão na região de Donbass.
Kiev lançou uma operação militar contra as autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk em 2014, depois que as regiões se recusaram a reconhecer o novo governo ucraniano e proclamaram independência do país.
© AP Photo / Ukrainian Presidential Press Office via APPresidente ucraniano Vladimir Zelensky visita a região de Donbass, 8 de abril de 2021
Presidente ucraniano Vladimir Zelensky visita a região de Donbass, 8 de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 17.02.2022
Presidente ucraniano Vladimir Zelensky visita a região de Donbass, 8 de abril de 2021
Um acordo de cessar-fogo do conflito foi assinado em Minsk um ano depois, após as negociações mediadas pelos líderes do Quarteto da Normandia: Rússia, Ucrânia, França e Alemanha. O acordo não foi plenamente implementado até agora e confrontos esporádicos continuam na região.
A declaração de Zaluzhnyi vem meio às tensões fronteiriças com a Rússia, acusada pelos Estados Unidos e pela OTAN de planejar uma invasão do país vizinho. Moscou nega as acusações e ressalta preocupações próprias com a movimentação de tropas da aliança militar ocidental perto das fronteiras russas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала