Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Tribunal ignora pressão e permite a patinadora russa Valieva participar das Olimpíadas de Pequim

© Sputnik / Aleksandr VilfPatinadora russa Kamila Valieva nas Olimpíadas de Inverno em Pequim
Patinadora russa Kamila Valieva nas Olimpíadas de Inverno em Pequim - Sputnik Brasil, 1920, 14.02.2022
Nos siga noTelegram
O Tribunal Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) ignorou a pressão do Comitê Olímpico Internacional (COI), da União Internacional de Patinação e da Agência Mundial Antidoping e liberou a patinadora russa para participar das Olimpíadas de Pequim, segundo relatório.
O CAS rejeitou o recurso do Comitê Olímpico Internacional (COI), da União Internacional de Patinação (ISU, na sigla em inglês) e da Agência Mundial Antidoping (WADA, na sigla em inglês) contra a patinadora russa Kamila Valieva, que poderá participar das competições das Olimpíadas de Pequim, segundo comunicado.

"A comissão especial do CAS proferiu seu veredicto no processo de arbitragem contra a patinadora russa Kamila Valieva. Os recursos apresentados pelo COI, WADA e ISU foram rejeitados", diz o comunicado.

O teste de doping da patinadora artística russa Kamila Valieva realizado em 25 de dezembro de 2021 deu positivo para uma substância chamada trimetazidina, relata em comunicado a Agência Internacional de Testes (ITA).
No entanto, a suspensão de Valieva foi retirada em 9 de fevereiro, e ela está autorizada a competir nas Olimpíadas de Pequim.
Kamila Valieva, de 15 anos, participou na prova de patinação artística por equipes, que ganhou as medalhas de ouro.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала