Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Kiev usa drones e continua treinando tropas especiais para atacar Donbass, diz Lugansk

© REUTERS / OLEKSANDR KLYMENKOSoldado das Forças Armadas da Ucrânia nas proximidades da linha de contato na região de Donetsk, Ucrânia, 11 de fevereiro de 2022
Soldado das Forças Armadas da Ucrânia nas proximidades da linha de contato na região de Donetsk, Ucrânia, 11 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 13.02.2022
Nos siga noTelegram
As Forças Armadas da Ucrânia continuam treinando tropas aerotransportadas para seu posterior envio para as repúblicas populares autoproclamadas de Lugansk e Donetsk, disse o representante do serviço de imprensa da Milícia Popular de Lugansk.
"Conforme relatamos anteriormente, as subunidades da 79ª Brigada Independente de Tropas Aerotransportadas das Forças Armadas da Ucrânia estão sendo preparadas para seu uso em combate como força tática de desembarque aéreo a ser largada nas áreas de retaguarda da república", disse ele aos jornalistas no domingo (13).
Além disso, o representante informou que as tropas ucranianas aumentaram o reconhecimento aéreo usando drones perto dos povoados de Sizoe e Bolotennoe em Donbass. Enquanto isso, Donetsk informou que 150.000 soldados ucranianos foram concentrados na linha de contato.
Segundo as palavras do representante da Milícia Popular, "foi detectada atividade dos drones do adversário sem cruzar a linha de contato de combate".
Ele detalhou ainda que a atividade das unidades de vigilância ucranianas visa verificar a eficácia da camuflagem das posições das Forças Armadas da Ucrânia e a confirmação das coordenadas dos alvos no território de Lugansk.
Os Acordos de Minsk proíbem os voos de aviação de combate e drones ao longo da linha de contato na região.
Em meados de 2020, em Donbass entraram em vigor medidas adicionais de manutenção do cessar-fogo. Essas medidas preveem uma proibição completa dos combates, do posicionamento de armas nas povoações e nas proximidades delas, de operações ofensivas e de reconhecimento e sabotagem. As regras devem ser cumpridas até a resolução completa do conflito.
As autoridades da Ucrânia começaram em abril de 2014 uma operação militar contra as autoproclamadas repúblicas populares de Lugansk e Donetsk, que declararam sua independência após o golpe de Estado em Kiev em fevereiro do mesmo ano. Segundo os dados recentes da ONU, aproximadamente 13.000 pessoas foram vítimas do conflito em Donbass. A questão da resolução da situação no leste da Ucrânia está sendo discutida, inclusive durante encontros do grupo de contato. Contudo, mesmo após os acordos de cessar-fogo, as escaramuças continuam.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала