Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Expansão da OTAN desde o discurso de Putin em 2007 em Munique levou a Rússia ao limite, diz Peskov

© AFP 2022 / Wojtek RadwanskiSoldados dos EUA em um exercício de treinamento da OTAN na Polônia
Soldados dos EUA em um exercício de treinamento da OTAN na Polônia - Sputnik Brasil, 1920, 12.02.2022
Nos siga noTelegram
Em seu discurso de Munique em 2007, o presidente russo Vladimir Putin levantou a questão da aproximação da OTAN às fronteiras russas, questão que ainda não foi respondida, e agora a Rússia se vê ante as "linhas vermelhas" de seus interesses nacionais e de segurança, disse à Sputnik Dmitry Peskov, porta-voz de Kremlin.
Passaram 15 anos desde o discurso de Putin na Conferência de Segurança de Munique. Nesse discurso, ele criticou duramente a política externa dos EUA e a ideia de uma ordem mundial unipolar, e se opôs fortemente aos planos de expansão da OTAN e implantação de instalações antimísseis dos EUA no Leste Europeu.
"Putin se questionou por que a OTAN estava se aproximando de nossas fronteiras com sua infraestrutura militar. Esta questão, como podem ver, está também hoje no topo da pauta da política externa. Até agora, ninguém respondeu a esta pergunta", disse Peskov.
Peskov ressaltou que "já naquele tempo Putin dizia – aliás, poucas pessoas notaram – que o secretário-geral da OTAN no início, em 1991, disse que não expandir a infraestrutura militar da OTAN na Alemanha era a melhor garantia de segurança para a nova Rússia".
"Não deram ouvidos naquele tempo, mas o efeito cumulativo dessa expansão foi se acumulando e levou a que, como nosso presidente diz agora, a Rússia está diretamente ante 'linhas vermelhas' de seus interesses nacionais e de segurança", concluiu o porta-voz do Kremlin.
Vladimir Putin, presidente da Rússia, durante coletiva de imprensa conjunta com Viktor Orban, primeiro-ministro da Hungria (fora da foto) em Moscou, Rússia, 1º de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 08.02.2022
Panorama internacional
'Pergunte às pessoas no Oriente Médio se a OTAN é estritamente uma aliança defensiva', diz Putin
As tensões entre o Ocidente e a Rússia em torno da Ucrânia têm aumentado no último ano, particularmente desde o final de 2021, com os EUA e a OTAN acusando Moscou de mobilizar forças militares na fronteira com seu vizinho em preparação de uma invasão.
Moscou tem rejeitado as declarações apontando a crescente militarização do território junto das fronteiras russas por parte da Aliança Atlântica, e sua cooperação com a Ucrânia, como ameaças à segurança da Rússia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала