Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

VÍDEO captura momento em que satélite da SpaceX se despedaça no céu

© AP Photo / John RaouxLançamento de satélite da SpaceX (foto de arquivo)
Lançamento de satélite da SpaceX (foto de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 10.02.2022
Nos siga noTelegram
Os satélites Starlink foram colocados em órbita pelo foguete Falcon 9 no dia 3 de fevereiro, mas foram atingidos por uma tempestade geomagnética no dia seguinte.
As impressionantes imagens foram gravadas pela Sociedade de Astronomia do Caribe, uma ONG em Porto Rico, nesta segunda-feira (7). Após a informação de que 40 satélites da SpaceX foram danificados logo após o lançamento, divulgada nesta terça-feira (8) pela própria companhia, especialistas acreditam que as imagens gravadas em Porto Rico representam os últimos instantes de um desses satélites reentrando na atmosfera.
Marco Langbroek, um astrônomo e rastreador de satélites holandês, divulgou um artigo nesta quarta-feira (9) comparando as imagens de Porto Rico com a trajetória dos satélites Starlink.

"Uma das pistas é que o plano orbital deste lançamento estava sobre Porto Rico, perto da hora do evento, a direção do movimento coincide, Sudoeste-Nordeste [...] Eu medi três fragmentos – que mostram as inclinações orbitais na faixa de 54-56 graus. Os satélites Starlink estão em órbitas inclinadas de 53,2 graus, então é próximo o suficiente (dada a margem de erro) para concluir que o objeto que reentrou na atmosfera se encaixa no plano orbital dos Starlink, explicou Langbroek.

De acordo com o astrônomo, existe a chance de nos próximos dias outras câmeras também capturarem a destruição de satélites da SpaceX, afinal ao menos 40 não conseguiram entrar em órbita após o lançamento coincidir com uma tempestade geomagnética.

Erupção solar

As tempestades geomagnéticas são causadas por fortes ventos solares que trazem correntes de partículas energizadas e plasma para a atmosfera. Neste caso, o catalisador desta tempestade foi uma erupção solar.
Em Cabo Canaveral, no estado norte-americano da Flórida, um foguete da SpaceX é preparado para lançamento, em 27 de outubro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.02.2022
Sociedade e cotidiano
NASA alerta que satélites da SpaceX podem colocar Estação Espacial Internacional em risco
A SpaceX explicou em um comunicado que a tempestade aumentou a densidade da atmosfera e, com isso, intensificou o arrasto atmosférico, perturbando o lançamento de 40 satélites.

"Os satélites que estão saindo de órbita apresentam zero risco de colisão com outros satélites e foram projetados para que desapareçam após a reentrada atmosférica", informou a SpaceX em comunicado nesta terça-feira (8).

O projeto Starlink pretende enviar cerca de 42.000 satélites com o intuito de levar Internet de alta velocidade a todas as partes do planeta Terra.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала