Caça de treinamento da Força Aérea dos EUA cai perto de base no Arizona

© AFP 2022 / Mahmud TurkiaUm Mirage F1 de fabricação francesa da força aérea líbia participa de cerimônia, em Trípoli, em 8 de novembro de 2012
Um Mirage F1 de fabricação francesa da força aérea líbia participa de cerimônia, em Trípoli, em 8 de novembro de 2012 - Sputnik Brasil, 1920, 10.02.2022
Nos siga noTelegram
Um caça de treinamento Mirage F1 da Força Aérea dos EUA caiu, nesta quinta-feira (10), a cerca de 24 quilômetros da base de Buckeye, no Arizona, em uma área despovoada.
De acordo com um comunicado do serviço aéreo, o piloto conseguiu se ejetar do caça com segurança, sofrendo apenas ferimentos leves. Mais ninguém se machucou após a queda da aeronave.
O acidente ocorreu durante uma missão de treinamento de rotina do jato, que operava da Base Aérea de Luke, também no Arizona.
A Força Aérea norte-americana informou que está estudando a aeronave para determinar a causa do incidente.
O 56º Corpo de Bombeiros do Esquadrão de Engenheiros Civis, a 56ª Unidade de Descarte de Artilharia Explosiva da CES e o 56º Esquadrão das Forças de Segurança auxiliaram o Departamento de Polícia de Buckeye no local do acidente.
"Somos gratos pelo excelente apoio contínuo que Luke recebe de nossos parceiros da comunidade, especialmente durante situações difíceis como essa", disse o brigadeiro-general Gregory Kreuder.
A base de Luke é o lar dos caças F-35A Joint Strike Fighters e F-16C/D Vipers, mas há um conjunto variado de aeronaves no local.
A unidade primária da base é a 56th Fighter Wing, usada para treinamento.
Avião hipersônico movido a hidrogênio da Destinus - Sputnik Brasil, 1920, 10.02.2022
Sociedade e cotidiano
Novo modelo de aeronave hipersônica capaz de atingir Mach 15 receberá motor a hidrogênio
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала