Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

'Ultrapassaram todas as fronteiras possíveis' da moral humana, diz MRE da Rússia de artigo do Bild

© AP Photo / Aleksandr ZemlianichenkoKremlin e Rio de Moscou em Moscou, Rússia, 16 de janeiro de 2022
Kremlin e Rio de Moscou em Moscou, Rússia, 16 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 05.02.2022
Nos siga noTelegram
Representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia declarou que a publicação de sábado (5) do Bild sobre a Ucrânia atravessou uma importante fronteira "da moral e ética humanas".
O artigo publicado pelo jornal alemão Bild sobre um alegado plano da Rússia de construir um Estado fantoche na Ucrânia ultrapassou todas as fronteiras possíveis da moral e ética humanas, afirmou no sábado (5) a representante do Ministério das Relações Exteriores russo.
"Passou o tempo em que escolhíamos as palavras e frases para sermos de alguma forma delicados, não ferirmos sentimentos e partir dos melhores motivos dos parceiros. Hoje, eles ultrapassaram todas as fronteiras possíveis da verdadeira moral e ética humanas", disse Maria Zakharova, representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia no canal Solovyov Live no YouTube.
"O Bild [fê-lo] hoje com a publicação de um suposto plano detalhado de ataque à Ucrânia", comentou ela.
Anteriormente neste sábado (5) o jornal Bild publicou uma matéria citando serviços secretos não identificados, que afirmaram que a Rússia planeja conquistar a Ucrânia, instalar um governo "leal" e perseguir todos os críticos.
Soldados participam de um exercício no campo de treinamento militar de Yavoriv, perto de Lvov, Ucrânia Ocidental, sexta-feira, 24 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 05.02.2022
Panorama internacional
Kremlin: em vez de fake news podemos dizer 'Bloomberg news' após notícia falsa sobre 'invasão russa'
Na noite de sexta-feira (4) a agência norte-americana Bloomberg também publicou por erro uma manchete dizendo que a "Rússia invadiu a Ucrânia", notícia que permaneceu no ar por cerca de meia-hora.
A Rússia tem negado repetidamente as afirmações do Ocidente de que planeja invadir a Ucrânia, apontando que tem todo o direito de movimentar as tropas dentro do seu próprio território, e que isso é uma resposta à crescente presença das forças da OTAN no Leste Europeu. Para solucionar a questão, Moscou propõe retirar todos os meios militares das proximidades entre a Rússia e a OTAN, e parar a expansão da Aliança Atlântica para leste, o que incluiria a não adesão da Ucrânia ao bloco militar.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала