Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Pentágono publica IMAGENS do local onde teria sido eliminado líder do Daesh

© AFP 2022 / AAREF WATADSírios se reúnem em local após um ataque noturno das forças de operações especiais dos EUA contra supostos jihadistas na província de Idlib, no noroeste da Síria, 3 de fevereiro de 2022
Sírios se reúnem em local após um ataque noturno das forças de operações especiais dos EUA contra supostos jihadistas na província de Idlib, no noroeste da Síria, 3 de fevereiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 04.02.2022
Nos siga noTelegram
O Pentágono publicou imagens capturadas no local onde, segundo o órgão, foi eliminado Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurashi, que é considerado o principal comandante do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países).
De acordo com o Departamento de Estado dos EUA, o terrorista ativou um cinturão de explosivos durante o assalto dos militares e, como resultado da explosão, os civis que estavam no térreo do mesmo prédio morreram.
O Pentágono insiste que foram quatro os civis mortos, embora as autoridades sírias insistam que houve 15 mortes. De acordo com relatórios preliminares, alguns membros da família de al-Qurayshi estavam entre os falecidos.
"Temos razões muito, muito boas para acreditar que as mortes de civis foram culpa do Daesh, não dos militares dos EUA", disse John Kirby, porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, em entrevista coletiva.
Fotos nesta manhã de Atmeh, Síria, onde as Forças Especiais dos EUA realizaram um ataque durante a noite que durou cerca de 2 horas
Durante o ataque, o helicóptero norte-americano MH-60M, que deveria realizar a missão, sofreu uma avaria e acabou sendo destruído completamente para evitar que caísse em mãos inimigas. A julgar pelas imagens, o equipamento eletrônico foi retirado antes de isso ser feito.
O primeiro vídeo dos arredores de Atmeh (Idlib), onde um helicóptero dos EUA (UH-60/MH-60) foi destruído por um ataque aéreo. A causa da perda do helicóptero dos EUA foi uma avaria técnica
Depois disso, outro membro do grupo terrorista iniciou um tiroteio contra os militares. Ao final do ataque, os soldados confirmaram a identidade de Abu Ibrahim al-Hashimi al-Qurayshi por meio de suas impressões digitais e um teste de DNA realizado do que restava de seu corpo.
A operação começou depois da meia-noite e durou mais de duas horas. De acordo com relatos não confirmados, vários helicópteros foram avistados, incluindo o MH-60M destruído, AH-64E Apache e MH-47G Chinook. As imagens compartilhadas pelo próprio Pentágono são uma indicação clara de que a área também foi patrulhada por pelo menos um drone.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала