- Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Obra do metrô de SP desmorona e faz uma parte da pista da Marginal Tietê ceder (VÍDEOS)

© Foto / PixabayMetro São Paulo
Metro São Paulo  - Sputnik Brasil, 1920, 01.02.2022
Nos siga noTelegram
Segundo a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, houve rompimento de uma galeria e a água do rio Tietê está invadindo a obra, causando, então, o desmoronamento de parte da pista.
Nesta terça-feira (1º), um acidente na obra da Linha 6 do metrô em São Paulo fez com que um pedaço da Marginal Tietê, uma das principais vias da capital, desabasse.

A linha é uma obra de concessão do governo do estado paulista para a empresa Acciona, e não faz parte do Metrô de São Paulo.
De acordo com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), houve o rompimento de uma galeria e a água do rio Tietê está invadindo a obra.
O Corpo de Bombeiros foi chamado às 08h50 para ir ao local. Até agora, não há vítimas registradas e todos os funcionários conseguiram sair da obra.
Entretanto, dois funcionários da obra tiveram contato com a água contaminada e foram socorridas "por precaução", acrescentaram os bombeiros.
O secretário dos Transportes Metropolitanos, José Galli, disse que a galeria de esgoto que passava a três metros acima da máquina de escavação conhecida como "tatuzão" se rompeu.
Galli afirma que provavelmente o solo não suportou o peso da galeria e acabou se rompendo. Uma auditoria será aberta para investigar as causas do acidente, relatou o G1.
Ao mesmo tempo, o Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado (DAEE) declarou que não foi constatado danos ao leito do rio Tietê.

Neste momento, há uma interdição total da Marginal Tietê no sentido Ayrton Senna a partir do km 300, antes da ponte da Freguesia do Ó.
O governador de São Paulo, João Doria, confirmou que não houve vítimas do incidente e que determinou apuração imediata das causas.
Segundo o G1, o equipamento de escavação feito pelo "tatuzão" começou a operar no dia 16 de dezembro. Ele pesa duas mil toneladas e tem 109 metros de extensão. São necessárias 45 pessoas para operar a máquina.
Cortejo do bloco Galo da Madrugada toma a avenida Pedro Álvares Cabral, no Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, em 25 de fevereiro de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 06.01.2022
Notícias do Brasil
Depois do Rio, São Paulo também cancela Carnaval de rua em 2022
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала