Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta segunda-feira, 31 de janeiro

© REUTERS / Serviço de imprensa do Governo dos EAUPresidente israelense, Isaac Herzog, com sua esposa durante reunião com o príncipe Mohammed bin Zayed al-Nahyan no aeroporto de Abu Dhabi, EAU, 30 de janeiro de 2022
Presidente israelense, Isaac Herzog, com sua esposa durante reunião com o príncipe Mohammed bin Zayed al-Nahyan no aeroporto de Abu Dhabi, EAU, 30 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 31.01.2022
Nos siga noTelegram
Bom dia! A Sputnik Brasil está acompanhando as matérias mais relevantes desta segunda-feira (31), marcada pela vitória do Partido Socialista com maioria absoluta em Portugal, pela visita histórica do presidente de Israel aos Emirados Árabes e pelo lançamento do míssil norte-coreano mais potente em anos.

Chuvas fortes em São Paulo: número de óbitos sobe para 19

Os temporais que atingiram o estado de São Paulo desde sábado (29), já resultaram em 19 mortes, inclusive sete crianças, segundo o governador paulista João Doria. De acordo com seus dados, cerca de 500 pessoas estão desalojadas em 11 cidades do estado. As fortes chuvas causaram deslizamentos de terra, transbordamento de rios e alagamentos. O Ministério do Desenvolvimento Regional emitiu uma nota onde lamenta "as vidas perdidas" e manifesta sua disposição a ajudar. Doria liberou R$ 15 milhões para as cidades afetadas. Hoje, segunda-feira (31), o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, planeja visitar São Paulo para observar a situação nas áreas afetadas.
© REUTERS / CARLA CARNIELEscavadeira transporta pessoas através de rua inundada após fortes chuvas em Caieiras, Brasil, 30 de janeiro de 2022
Escavadeira transporta pessoas através de rua inundada após fortes chuvas em Caieiras, Brasil, 30 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 31.01.2022
Escavadeira transporta pessoas através de rua inundada após fortes chuvas em Caieiras, Brasil, 30 de janeiro de 2022

Bolsonaro e ministro visitam mercado em área rural do Distrito Federal

Neste domingo (30), o presidente Jair Bolsonaro, acompanhado pelo ministro da Defesa, o general Walter Braga Netto, e pelo filho e vereador do Rio, Carlos Bolsonaro, passeou de moto em uma área rural do DF e visitou um mercado. Durante o passeio, o chefe do Executivo cumprimentou apoiadores e atendeu a pedidos de fotos. No Jardim Botânico, o mandatário parou para comer um churrasco em uma tenda, uma cena que causou polêmica nas redes sociais, inclusive dos parlamentares. A deputada federal Fernanda Melchionna caracterizou a cena como "vergonhosa" e disse, no Twitter, que "nem coberto de toda a farofa do mundo, Bolsonaro convence que tem algum tipo de humanidade dentro de si".

PS do premiê António Costa ganha eleições em Portugal com maioria absoluta

O Partido Socialista liderado pelo primeiro-ministro de Portugal, António Costa, ganhou as eleições legislativas deste domingo (30), conseguindo a maioria absoluta na Assembleia da República. Com isso, Costa poderá formar governo sem depender de pactos com outros partidos. "Os portugueses confirmaram hoje de modo inequívoco o que já disseram há dois anos. Desejam um governo do PS nos próximos quatro anos", disse ele em discurso na sede do partido em Lisboa após os resultados serem conhecidos. Com 99,13% das cédulas contadas, o PS de Costa conseguiu 41,6% dos votos, o que lhe permite assegurar 117 dos 230 deputados que compõem o Parlamento português. Embora ainda faltem distribuir quatro dos assentos em jogo, Costa assegura já a maioria absoluta ao superar o limiar de 116 deputados. Desde sua chegada ao poder em 2015, António Costa foi sempre obrigado a governar em minoria através de pactos com outras forças. Por isso, ressaltou que os resultados deste domingo (30) permitem dar "estabilidade" ao país.
© REUTERS / PEDRO NUNESPrimeiro-ministro de Portugal e líder do PS, António Costa, fala com jornalistas antes dos resultados das eleições legislativas serem anunciados, Lisboa, Portugal, 30 de janeiro de 2022
Primeiro-ministro de Portugal e líder do PS, António Costa, fala com jornalistas antes dos resultados das eleições legislativas serem anunciados, Lisboa, Portugal, 30 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 31.01.2022
Primeiro-ministro de Portugal e líder do PS, António Costa, fala com jornalistas antes dos resultados das eleições legislativas serem anunciados, Lisboa, Portugal, 30 de janeiro de 2022

Emirados Árabes interceptam míssil de houthis durante 1ª visita do presidente de Israel ao país

Os Emirados Árabes Unidos informaram nesta segunda-feira (31) ter interceptado um míssil balístico lançado pelos houthis do Iêmen, enquanto o país recebia o presidente israelense Isaac Herzog, em uma primeira visita ao país. O Ministério da Defesa dos Emirados disse que o míssil foi destruído e que seus destroços caíram em uma área desabitada. O ataque ocorreu quando Herzog discutia as relações bilaterais e de segurança com o líder dos EAU, príncipe xeque Mohammed bin Zayed Al Nahyan, em Abu Dhabi. O presidente de Israel passou uma noite na capital, contou à Reuters um funcionário israelense. Segundo ele, Herzog continuará sua visita apesar do ataque de houtis. Em 2020, os EAU, junto com Bahrein, fecharam acordos de normalização das relações com Israel, com a mediação de Washington, os chamados Acordos de Abraham.
© REUTERS / MRE dos EAUPresidente israelense, Isaac Herzog, durante reunião com o príncipe Mohammed bin Zayed al-Nahyan em Abu Dhabi, EAU, 30 de janeiro de 2022
Presidente israelense, Isaac Herzog, durante reunião com o príncipe Mohammed bin Zayed al-Nahyan em Abu Dhabi, EAU, 30 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 31.01.2022
Presidente israelense, Isaac Herzog, durante reunião com o príncipe Mohammed bin Zayed al-Nahyan em Abu Dhabi, EAU, 30 de janeiro de 2022

Tensões na Ucrânia: Johnson cancela visita ao Japão; Conselho de Segurança da ONU se reúne em Nova York

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, cancelou sua primeira visita oficial ao Japão, agendada para meados de fevereiro, por causa das tensões em torno da Ucrânia, informou hoje, segunda-feira (31), a agência Kyodo citando fontes diplomáticas. Enquanto isso, o Canadá deslocou suas unidades militares na Ucrânia para oeste e anunciou a retirada temporária dos funcionários não essenciais na sua embaixada em Kiev, no domingo (30). Com o crescimento das tensões, os EUA e o Reino Unido disseram estar prontos para reforçar as sanções contra a Rússia e enfrentar qualquer "desinformação" da parte de Moscou. Hoje (31), o Conselho de Segurança das Nações Unidas vai se reunir em Nova York para abordar a situação em torno da Ucrânia, bem como as formas de atenuar as tensões na fronteira russo-ucraniana. "O Conselho de Segurança está unido. Nossas vozes estão unidas para que os russos se expliquem", disse em entrevista ao canal ABC News a embaixadora de Washington na ONU, Linda Thomas-Greenfield.
© REUTERS / NICK IWANYSHYNMenino com bandeira ucraniana durante manifestação em apoio à Ucrânia em Ontário, Canadá, 30 de janeiro de 2022
Menino com bandeira ucraniana durante manifestação em apoio à Ucrânia em Ontário, Canadá, 30 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 31.01.2022
Menino com bandeira ucraniana durante manifestação em apoio à Ucrânia em Ontário, Canadá, 30 de janeiro de 2022

Coreia do Norte testa o míssil mais poderoso em anos

Pyongyang confirmou ter lançado um míssil balístico Hwasong-12, com um alcance de até 4.500 quilômetros, neste domingo (30), de acordo com a agência Yonhap. Esse foi o primeiro teste de um míssil de tal potência desde novembro de 2017. O líder norte-coreano, Kim Jong-un, não assistiu ao lançamento, de acordo com a agência. Na sequência do teste, os representantes da Coreia do Sul, do Japão e dos EUA realizaram conversas, durante as quais qualificaram o recente lançamento como "um desafio às resoluções do Conselho de Segurança da ONU" e concordaram em continuar os esforços em direção ao diálogo com a Coreia do Norte. Os lados também afirmaram manter um contato próximo em prol da manutenção do "controle estável da situação". O porta-voz do Pentágono, John Kirby, disse, após o lançamento norte-coreano, que os Estados Unidos estão prontos para se sentar à mesa de negociações com a Coreia do Norte, mas vão continuar desenvolvendo seu potencial militar na região para se proteger, a si e a seus aliados.
© REUTERS / KCNAImagem combinada do teste de um míssil norte-coreano Hwasong-12, divulgada pela KCNA em 31 de janeiro de 2022
Imagem combinada do teste de um míssil norte-coreano Hwasong-12, divulgada pela KCNA em 31 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 31.01.2022
Imagem combinada do teste de um míssil norte-coreano Hwasong-12, divulgada pela KCNA em 31 de janeiro de 2022
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала