Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

IMAGEM mostra formação estelar no Complexo de Nuvens Camaleão

© Foto / NASA / ESA / S. CasertanoVisível a olho nu a partir de um local escuro, Caldwell 14 é popularmente conhecido como Duplo Enxame de Perseu. Estes dois enxames abertos, também chamados de NGC 869 e NGC 884, estão lado a lado, a meio caminho entre as estrelas brilhantes das constelações de Perseu e Cassiopeia
Visível a olho nu a partir de um local escuro, Caldwell 14 é popularmente conhecido como Duplo Enxame de Perseu. Estes dois enxames abertos, também chamados de NGC 869 e NGC 884, estão lado a lado, a meio caminho entre as estrelas brilhantes das constelações de Perseu e Cassiopeia - Sputnik Brasil, 1920, 31.01.2022
Nos siga noTelegram
O Telescópio Espacial Hubble da NASA registrou um dos três segmentos que compreendem uma região de formação de estrelas, de 65 anos-luz de largura, chamada Complexo de Nuvens Camaleão.
Na imagem é possível observar a Nuvem Camaleão I, mostrando nuvens empoeiradas e escuras onde as estrelas estão sendo formadas, nebulosas de reflexão brilhando pela luz de estrelas jovens e objetos de Herbig–Haro, indica a NASA.
Os objetos de Herbig–Haro são aglomerados e arcos brilhantes de gás interestelar chocados e energizados por jatos expulsos de "protoestrelas" juvenis durante o processo de formação.
© Foto / NASA, ESA, K. Luhman e T. Esplin (Universidade Estadual da Pensilvânia), et al., and ESO; Processamento: Gladys Kober (NASA/Universidade Católica da América)O Telescópio Espacial Hubble da NASA registrou um dos três segmentos que compreendem uma região de formação de estrelas, de 65 anos-luz de largura, chamada Complexo de Nuvens Camaleão
O Telescópio Espacial Hubble da NASA registrou um dos três segmentos que compreendem uma região de formação de estrelas, de 65 anos-luz de largura, chamada Complexo de Nuvens Camaleão - Sputnik Brasil, 1920, 30.01.2022
O Telescópio Espacial Hubble da NASA registrou um dos três segmentos que compreendem uma região de formação de estrelas, de 65 anos-luz de largura, chamada Complexo de Nuvens Camaleão
A nuvem branca-laranja na parte inferior da imagem abriga uma dessas protoestrelas em seu centro. Os brilhantes jatos brancos de gás quente são ejetados em torrentes estreitas dos polos da protoestrela, criando o objeto de Herbig–Haro HH 909A.
Os raios em cruz em torno das estrelas brilhantes na imagem ocorrem quando as ondas de luz de uma fonte muito brilhante (como uma estrela) se dobram em torno de barras do Hubble, criando o efeito brilhante de explosão estelar que vemos.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала