Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Ex-presidente russo explica por que Rússia não tem bases militares em Cuba e na Venezuela

© Sputnik / Dmitry Astakhov / Abrir o banco de imagensO primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, participa de uma cerimônia no Memorial José Martí, em Havana, Cuba
O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, participa de uma cerimônia no Memorial José Martí, em Havana, Cuba - Sputnik Brasil, 1920, 27.01.2022
Nos siga noTelegram
A Rússia não pode implantar bases militares em Cuba e na Venezuela, uma vez que isso vai contra os interesses desses países, disse em entrevista o vice-presidente do Conselho de Segurança e ex-presidente russo Dmitry Medvedev.
"Cuba, a Venezuela são países próximos, nossos parceiros, países que têm uma política externa independente. Mas estes são países totalmente soberanos. Não podemos colocar nada em seu [território], simplesmente porque isso deve estar em linha com seu posicionamento geopolítico, com seus próprios interesses nacionais", disse ele.
Havana e Caracas querem sair do isolamento e estabelecer relações normais com os Estados Unidos, acrescentou Medvedev.
"Portanto, está fora de questão colocar ou estabelecer qualquer base, tal como foi feito durante o período soviético, quando tínhamos uma infraestrutura militar comum com uma série de países baseada em uma ideologia comum", explicou o vice-presidente do Conselho de Segurança.
Além disso, segundo ele, as conversações sobre este tema fazem aumentar a tensão no mundo.
"Nós realmente temos certos acordos com alguns Estados sobre a presença de nossas tropas lá, com a Síria por exemplo [...]. Mas não nos precipitaremos dizendo que queremos uma base ali ou chegamos a um acordo sobre isso, tal é totalmente errado", concluiu Medvedev.
Exército russo em imagens. Avião militar Su-34 na Sìria  - Sputnik Brasil, 1920, 23.01.2022
Panorama internacional
Rússia admite maior cooperação militar com Venezuela, mas descarta criação de bases no país
Na semana passada, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, indicou que, na situação atual, a Rússia está ponderando em como garantir sua própria segurança, mas, no que diz respeito à possível implantação de infraestrutura militar russa em Cuba e na Venezuela, não nos podemos esquecer que se trata de países soberanos.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала