Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Israel começa a investigar negociações sobre compra de submarinos da Alemanha

© AP Photo / Ariel SchalitSubmarino da Marinha de Israel perto do campo de gás Leviatã no mar Mediterrâneo, 1º de setembro de 2021
Submarino da Marinha de Israel perto do campo de gás Leviatã no mar Mediterrâneo, 1º de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 25.01.2022
Nos siga noTelegram
O gabinete israelense anunciou que investigará a compra de submarinos alemães da ThyssenKrupp. Um ex-premiê do país chamou o caso de "mais sério escândalo de corrupção na história de Israel".
O governo de Israel aprovou no domingo (23) o início de investigação de uma compra de submarinos da Alemanha, relatou a agência norte-americana Associated Press (AP).
Como resultado de uma votação por suspeita de conflito de interesses e suborno de associados próximos do ex-premiê Benjamin Netanyahu, no qual Naftali Bennett, primeiro-ministro de Israel, se absteve, o gabinete israelense autorizou a investigação da compra de submarinos do conglomerado multinacional alemão ThyssenKrupp, obtidos por € 3 milhões (R$18,4 milhões), mais de um ano após Benny Gantz, ministro da Defesa israelense, autorizar uma investigação do assunto.
"Os processos para aquisições de defesa neste governo estão limpos de considerações exteriores. Nossa única consideração é a segurança de Israel", afirmou Bennett no começo da reunião no domingo (23). Nitzan Horowitz, ministro da Saúde e membro do gabinete, disse que a ação "é um passo crítico na luta contra a corrupção e é essencial ao sistema de defesa".
Gantz concordou no Twitter que lançar uma investigação sobre o chamado Caso 3000 é "da mais alta necessidade de segurança e uma mensagem clara de que não se pode brincar com a defesa de Israel", enquanto Ehub Barak, ex-premiê israelense (1999-2001) chamou este "o mais sério escândalo de corrupção na história de Israel".
Marinheiros israelenses no submarino Rahav no porto de Haifa, Israel - Sputnik Brasil, 1920, 20.01.2022
Panorama internacional
Israel e Alemanha assinam acordo para produção de 3 novos submarinos para Marinha israelense
Netanyahu é atualmente líder da oposição no Knesset, parlamento israelense, parte do partido Likud, após ser primeiro-ministro entre 2009 e 2021. O Likud afirmou que a investigação deve olhar para "como todos os que por anos se opuseram à compra de mais três submarinos de repente aprovaram a compra", qualificando as acusações contra membros do partido de "declarações políticas ociosas".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала