Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

De onde vieram os oceanos na Terra? Cientistas russos e chineses sugerem nova teoria

CC0 / Pexels / OceanoTurbilhão de água no oceano
Turbilhão de água no oceano  - Sputnik Brasil, 1920, 25.01.2022
Nos siga noTelegram
Uma equipe de cientistas russos e chineses referem a existência de um mineral, cuja decomposição poderia ter dado origem à água.
Eles sugeriram que o hidrosilicato de magnésio poderia em teoria existir em condições de maior pressão nos primórdios da Terra. Após o isolamento do núcleo terrestre e a queda de pressão no manto, esse mineral, segundo os autores, se decompôs com a liberação de grande quantidade de água, o que estaria na origem dos oceanos na Terra.
Os resultados da pesquisa foram publicados recentemente no jornal Physical Review Letters.
A origem da água na Terra é um mistério científico de longa data. Para tentar perceber, os pesquisadores habitualmente investigam os minerais no manto terrestre que contêm água. Porém, é muito provável que, nas fases iniciais da história geológica da Terra, as temperaturas e a pressão no interior do planeta fossem muito mais altas do que agora.
Cientistas chineses liderados por Xiao Dong da Universidade de Nankai, na China, com o pesquisador Artyom Organov do Instituto Skolkovo de Ciência e Tecnologia russo, prognosticaram, por meio de modelação computorizada, a existência nos primórdios da Terra do hidrosilicato de magnésio (Mg2SiO5H2) estável sob pressão e temperaturas altas. Teoricamente, segundo cálculos da equipe, ele poderia conter aproximadamente 11% de água.

"A Terra, nas etapas precoces, estava desprovida de água, pelo menos nas centenas de quilômetros da camada superior, graças à temperatura alta e constantes bombardeios de asteroides. Quando o núcleo surgiu (cerca de 30 milhões de anos após a Terra ter se formado), os minerais silicatados foram expulsos para as áreas de menor pressão, onde o hidrosilicato de magnésio é instável e teria que se decompor em água e uma mistura de MgSiO3+MgO", escreveu o especialista russo no Facebook.

A origem da água na Terra na sequência da decomposição dos minerais inicialmente existentes em seu manto é uma das hipóteses do surgimento dos oceanos, uma alternativa à hipótese de a água ter sido trazida ao nosso planeta em resultado de um bombardeio de cometas. Porém, a superfície da Terra durante esse bombardeio era tão quente que qualquer água líquida proveniente do espaço se evaporaria de imediato.
Terra (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 24.01.2022
Sociedade e cotidiano
Dias de 6 meses e tornados do tamanho de continentes: o que aconteceria se a Terra parasse de girar?
Ultimamente, mais e mais dados indicam que os minerais primários da Terra poderiam conter grandes volumes de água em sua estrutura cristalina. O problema é identificar tais minerais, uma vez que nas profundezas do manto terrestre a pressão atinge centenas de gigapascals, milhões de vezes mais do que a pressão da atmosfera, e milhares de graus Kelvin. É muito difícil recriar essas condições em laboratório.
Os autores desenvolveram um algoritmo que, a partir de um grupo de ingredientes atômicos e moleculares, permite prever estruturas cristalinas estáveis.
"Entendemos que nos primórdios da Terra tudo era completamente diferente, os silicatos existiam até o centro do planeta", diz Xiao Dong.
Adicionando quatro elementos - magnésio, silício, oxigênio e hidrogênio - no algoritmo de cálculo da estrutura cristalina, os cientistas obtiveram o mineral Mg2SiO5H2, que só existe a pressões acima de 260 gigapascals, enquanto a pressões mais baixas ele se decompõe com a liberação de água.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала