Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Rússia admite maior cooperação militar com Venezuela, mas descarta criação de bases no país

© Foto / Ministério da DefesaExército russo em imagens. Avião militar Su-34 na Sìria
Exército russo em imagens. Avião militar Su-34 na Sìria  - Sputnik Brasil, 1920, 23.01.2022
Nos siga noTelegram
O embaixador da Rússia na Venezuela, Sergei Melik-Bagdasarov, considerou possível que os dois países intensifiquem sua cooperação militar ante um eventual aumento das pressões por parte dos EUA.
"Sem dúvida", disse o diplomata neste sábado (22) em declarações ao canal de YouTube Soloviev Live quando perguntado se Caracas poderia, em caso de uma deterioração abrupta nas relações entre Rússia e EUA, encontrar não só uma forma política de apoio a Moscou, mas também uma forma técnico-militar.

"Desde os primeiros momentos da histeria que aconteceu no Ocidente, nos EUA, depois das palavras do vice-chanceler Sergei Ryabkov, recebi chamadas de políticos e de membros do gabinete de ministros, eu encontrei-me com eles e eles me transmitiram o seu apoio inequívoco, e sem hesitações, uma vez que eles passaram e estão passando por tudo isso juntamente conosco", explicou Melik-Bagdasarov.

Respondendo à pergunta sobre formas concretas de cooperação militar, o embaixador observou que poderiam ser múltiplas.
"A Venezuela tem uma infraestrutura portuária bastante desenvolvida. Aqui também há portos de águas profundas, há portos civis, há diversas bases da Marinha venezuelana. Aqui há tudo o que possa ser necessário", afirmou.
Ao mesmo tempo, o diplomata russo destacou que a Constituição da Venezuela proíbe a implantação de bases militares estrangeiras em território nacional.
"Quanto a bases militares russas, a resposta é óbvia. Basta dar uma olhada na Constituição venezuelana, que diz explicitamente que no seu território não deve nem pode haver bases militares", explicou.
Militares das Forças Armadas da Venezuela - Sputnik Brasil, 1920, 21.01.2022
Panorama internacional
Venezuela tem direito a estabelecer acordos militares com países aliados, afirma deputada
No início desta semana, o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, indicou que na situação atual a Rússia pensa em como garantir a sua própria segurança, mas, no que diz respeito à possível implantação de infraestrutura militar russa em Cuba e na Venezuela, não se pode esquecer que se trata de países soberanos.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала