Coreia do Sul apresenta tanque leve para competir com Sprut-SDM1 russo (FOTO)

© AP Photo / Ahn Young-joonTanque K1A2 sul-coreano durante exercícios
Tanque K1A2 sul-coreano durante exercícios - Sputnik Brasil, 1920, 21.01.2022
Nos siga noTelegram
A empresa sul-coreana Hanhwa Defense apresentou seu tanque leve K21-105, desenvolvido a partir do veículo de combate de infantaria K21 e que será proposto à Índia em sua mais recente licitação.
O veículo de combate vai participar na licitação convocada pelo Exército indiano em abril de 2021 para comprar 350 tanques leves, informa o portal Janes.
O K21-105, da Hanwha Defense, é dotado de lança-granadas de fumaça, um sistema de alerta a laser, um sistema de excesso de pressão interna (características no interior para prevenir a morte dos tripulantes por onda de choque gerada em uma explosão nuclear) com filtro de ar para atuar em condições de uma guerra nuclear e um sistema instantâneo de detecção e supressão de incêndios, entre outros mecanismos.
Os carros de combate deverão vir a operar na região indiana de Ladakh, na Caxemira, disputada pelo Paquistão e pela China.
O K21-105 da Coreia do Sul é um bom adversário do tanque leve indiano. Vamos ver.
O tanque sul-coreano será um concorrente do tanque russo Sprut-SDM1, também apresentado na licitação.
Por sua vez, o avançado tanque anfíbio russo Sprut-SDM1 ostenta maior potência de fogo no mundo dos veículos de combate desta classe.
O rival russo incorpora, entre outras coisas, um potente canhão de 125 milímetros, com uma ampla gama de munições (inclusive com capacidade para disparar mísseis guiados) e uma metralhadora controlada remotamente, além de pesar apenas 18 toneladas, uma característica condizente com as exigências de peso por parte da Índia.
Enquanto isso, o tanque sul-coreano pesa 29 toneladas e é dotado de um canhão de 105 milímetros.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала