Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Blinken diz a Lavrov que se Rússia cruzar fronteira com Ucrânia vai enfrentar resposta extensiva

© AP Photo / Alex BrandonO secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken cumprimenta o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, antes de sua reunião, sexta-feira, 21 de janeiro de 2022, em Genebra, Suíça
O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken cumprimenta o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, antes de sua reunião, sexta-feira, 21 de janeiro de 2022, em Genebra, Suíça - Sputnik Brasil, 1920, 21.01.2022
Nos siga noTelegram
O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, disse ter deixado claro ao ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, durante conversas em Genebra nesta sexta-feira (21), que se a Rússia cruzar a fronteira com a Ucrânia, vai enfrentar uma resposta severa de Washington e seus aliados.
"Fomos claros, se alguma força militar russa atravessar a fronteira da Ucrânia, vai ser recebida com uma resposta rápida, severa e unida dos EUA e seus aliados", disse Blinken a jornalistas.
Na ocasião da reunião, o representante de Moscou reiterou que não existem planos para invadir a Ucrânia por parte da Rússia.
Apesar da dura afirmação, Blinken disse que, após suas conversas com Lavrov, sente que os dois países podem trabalhar no desenvolvimento de um entendimento.
"Com base em nossa discussão, acredito que podemos levar adiante esse trabalho de desenvolver entendimentos e acordos conjuntos que garantam nossa segurança mútua", disse o secretário de Estado após as negociações em Genebra.
Para o representante do governo norte-americano, a conversa com Lavrov não foi uma negociação, mas uma troca franca de preocupações e ideias.
Chanceler russo, Sergei Lavrov, durante coletiva de imprensa após reunião com o secretário de Estado, Antony Blinken, em Genebra, 21 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 21.01.2022
Panorama internacional
Rússia nunca ameaçou povo ucraniano e não pretende atacar Ucrânia, diz Lavrov (VÍDEO)
As autoridades concordaram em continuar a discussão depois que Washington apresentar sua resposta às propostas de segurança de Moscou, na próxima semana.
"Com base nas discussões de hoje, o ministro das Relações Exteriores e eu concordamos que é importante que o processo diplomático continue", afirmou Blinken. "Eu disse a ele que, após as consultas que teremos nos próximos dias com aliados e parceiros, prevemos que poderemos compartilhar com a Rússia nossas preocupações e ideias com mais detalhes e por escrito na próxima semana e concordamos em discutir depois disso."
O representante de Washington disse ainda que pretende compartilhar tais preocupações por escrito e com base no documento enviado pelo Kremlin.
"Pretendemos com base na conversa de hoje, com base nesses documentos, bem como o documento que recebemos da Rússia para acompanhar as conversas, pelo menos nos níveis de ministros das Relações Exteriores", disse ele.
Após os diálogos de Genebra, o secretário de Estado Antony Blinken disse que vai retornar a Washington ainda hoje (21) para consultar o presidente Joe Biden e toda a equipe de Segurança Nacional, bem como membros do Congresso e aliados pelos próximos dias.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала