Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Maduro pede fim do intervencionismo estrangeiro na Síria

© REUTERS / Leonardo Fernandez ViloriaO presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, faz discurso na Assembleia Nacional, em Caracas, na Venezuela, em 15 de janeiro de 2022
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, faz discurso na Assembleia Nacional, em Caracas, na Venezuela, em 15 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 18.01.2022
Nos siga noTelegram
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu o fim do intervencionismo estrangeiro na Síria, ao reforçar a relação de cooperação entre os países, nesta segunda-feira (17).
Em ato na sede do governo, no Palácio de Miraflores, Maduro condecorou e se despediu do embaixador sírio em Caracas, Khalil Bitar, que concluiu suas funções diplomáticas na Venezuela.

"Quando falamos da Síria falamos de relações de cooperação e fraternidade para a paz, para o desenvolvimento, e pedimos que cesse o intervencionismo estrangeiro contra nossos irmãos sírios e que seja respeitado o direito da Síria de reconstruir e encontrar os caminhos da prosperidade", disse Maduro durante a cerimônia, transmitida pela televisão estatal venezuelana VTV.

Segundo o presidente, a Síria tem conseguido superar o intervencionismo com o apoio de países aliados.
Maduro afirmou admirar "a coragem do presidente Bashar al-Assad, que liderou o feito histórico do povo sírio contra o terrorismo e o intervencionismo imperialista, com o apoio da Rússia, do Irã, da China e dos povos do mundo".
"Admiramos o heroísmo, a coragem e a firmeza com que o povo da Síria defendeu seu direito à paz, à soberania, como enfrentou as gangues terroristas e as derrotou uma a uma", ressaltou.
Depósitos de armazenamento de petróleo da PDVSA (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 12.01.2022
Panorama internacional
Venezuela denuncia 'sabotagem' em instalações de petróleo que explodiram causando feridos
Maduro destacou ainda que a Venezuela e a Síria se caracterizam por serem dois povos combatentes, anti-imperialistas e antiterroristas, que aspiram à paz para o desenvolvimento e o crescimento econômico.
O presidente aproveitou a ocasião para anunciar que o país promoverá uma feira com empresários venezuelanos dispostos a investir em Damasco, capital síria.
Os dois países possuem acordos de cooperação econômica, comercial, cultural, turística e em entre outros segmentos.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала