Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Israel construirá centenas de moradias em Jerusalém ocupada, informa mídia

© REUTERS / Ammar AwadPoliciais israelenses guardam estruturas demolidas de família palestiniana despejada de Jerusalém Oriental, 17 de janeiro de 2022
Policiais israelenses guardam estruturas demolidas de família palestiniana despejada de Jerusalém Oriental, 17 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 18.01.2022
Nos siga noTelegram
Israel tem planos para construir centenas de habitações além da linha de cessar-fogo de 1967 em Jerusalém, com a organização Paz Agora mostrando grande preocupação com o fim da continuidade territorial dos bairros palestinos locais.
O Comitê de Planejamento e Construção do Distrito de Jerusalém avançou com um plano para construir 1.465 moradias em um novo bairro da cidade, uma grande parte delas na área disputada além da linha de cessar-fogo da guerra israelense de 1967, informou o jornal Yeditoh Ahronot.
O bairro, chamado de Aqueduto Interior, deverá surgir entre os bairros judaicos Givat Hamaros e Har Homam, sendo que ambos estão localizados além da Linha Verde de Jerusalém. Metade da construção planejada seria dentro de Israel, enquanto o resto seria no município de Jerusalém Oriental, de maioria palestina.
Membros da polícia israelense caminham enquanto palestinos protestam contra a tensão em Jerusalém e a escalada Israel-Gaza, em Hebron, na Cisjordânia ocupada por Israel, 14 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 13.07.2021
Israel planeja estabelecer posto avançado ilegal no norte da Cisjordânia, segundo mídia
Os grupos palestinos e de esquerda israelenses se opõem a estes projetos, esperando que um dia Jerusalém Oriental se torne a capital de um Estado palestino. Enquanto isso, os grupos de direita israelenses, que em geral se opõem à independência palestina, apoiam uma Jerusalém indivisa como capital de Israel.
A organização Paz Agora diz que as unidades habitacionais "impedirão a continuidade territorial entre os bairros palestinos de Jerusalém Oriental e Belém".
A edificação de novas moradias além da Linha Verde de Jerusalém Oriental tem sido discutida entre Israel e os EUA. Depois que em dezembro de 2021 foi anunciado um plano de construção de um novo bairro para judeus ultraortodoxos perto da zona industrial de Atarot, os legisladores e funcionários governamentais norte-americanos criticaram veementemente a medida, mas não foram além da crítica.
Israel tomou Jerusalém Oriental da Jordânia em 1967. Em 1980 o governo israelense aprovou uma lei para anexar a área, uma ação rejeitada pela maioria da comunidade internacional.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала