Reveladas características dos novos sistemas de radar da defesa antiaérea russa

© Foto / Vitaly V. KuzminRadar russo Nebo-M
Radar russo Nebo-M - Sputnik Brasil, 1920, 17.01.2022
Nos siga noTelegram
Recentemente, o Ministério da Defesa da Rússia informou que as tropas do Distrito Militar Oriental receberam as novas estações de radar Nioby e Kasta.
Os novos equipamentos são destinados a transmitir as coordenadas e parâmetros do movimento de alvos aéreos para os sistemas de controle de defesa antiaérea. Especialistas consideram que, dos dois sistemas de radar, o Nioby é o mais avançado.
Este complexo constitui uma nova etapa no desenvolvimento das estações de radar da família Nebo, que estão agora em serviço do Exército russo em modificações modernizadas.
O Nioby é capaz de detectar alvos de pequenas dimensões, de baixa visibilidade e hipersônicos. Ambas as estações de radar "são capazes de operar tanto em condições normais como em condições complexas de interferências, receber dados objetivos sobre os voos de veículos aéreos, identificar alvos aéreos e determinar suas coordenadas em diferentes altitudes", aponta o comunicado do Ministério da Defesa.
As referidas estações de radar fornecem e comunicam as coordenadas e parâmetros do movimento de alvos aéreos para os sistemas de controle e defesa antiaérea.
Em entrevista à RT, Dmitry Kornev, fundador do portal Military Russia, explicou que os radares móveis desempenham um papel importante na defesa antiaérea da Rússia.
Segundo ele, estes radares permitem detectar atempadamente as ameaças aéreas, transmitir dados aos meios de ataque e determinar o tipo de meios aéreos e a que país pertencem.
"Sem estações de radar, é impossível operar de forma verdadeiramente eficaz os sistemas antiaéreos e de aviação de combate, que têm como objetivo proteger as fronteiras da Rússia e, se necessário, destruir os infratores. Ao mesmo tempo, os requisitos das estações de radar estão sempre aumentando, uma vez que os outros países estão aperfeiçoando os meios de ataque aéreo e espacial e sistemas de interferência passiva e ativa. A Rússia não pode ignorar isso e está expandindo suas capacidades de radar", observou Kornev.
Avião Beriev A-50U - Sputnik Brasil, 1920, 30.12.2021
Rússia recebe 'radar voador' A-50U modernizado para detectar alvos de última geração
De acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, os radares Nebo e Nioby permitem detectar, acompanhar, reconhecer e medir as coordenadas de alvos aéreos de grande e pequeno porte, inclusive os de baixa visibilidade, que "operem a distâncias de até 600 km, a altitudes de até 50 km e a velocidades de mais de 3.000 km/h".
Anteriormente, o especialista Aleksei Leonkov, da revista militar Arsenal Otechestva, disse que os caças F-22 Raptor e F-35 Lightning II dos EUA, que dispõem de tecnologia furtiva, são detectados pelos sistemas de radar da defesa antiaérea russa.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала