Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Lukashenko: Polônia e Países Bálticos colocam 30 mil soldados perto de Belarus e pedem apoio à OTAN

© REUTERS / Gleb GaranichMarinha dos EUA participa de exercícios militares integrados às manobras multinacionais Sea Breeze 2021, perto de Kherson, Ucrânia, 2 de julho de 2021
Marinha dos EUA participa de exercícios militares integrados às manobras multinacionais Sea Breeze 2021, perto de Kherson, Ucrânia, 2 de julho de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 17.01.2022
Nos siga noTelegram
Presidente de Belarus, Aleksandr Lukashenko, declarou que, perto das fronteiras do país com a Polônia e os Países Bálticos, estão concentrados mais de 30.000 militares, além de equipamentos e armamentos, avança a agência belarussa Belta.
"O chefe de Estado observou que, de acordo com os últimos dados, mais de 30.000 militares, equipamentos e armas estão concentrados na Polônia e nos Países Bálticos ao longo das fronteiras da Belarus", informa a agência.
Lukashenko disse que a Polônia tinha solicitado à OTAN implantar um sistema escalonado de logística e suporte técnico de retaguarda perto da fronteira belarussa.

"Além disso, Varsóvia dirigiu-se à liderança do bloco do Atlântico Norte [...] e pediu a implantação de um sistema escalonado de logística e suporte técnico de retaguarda na referida região. Já que também somos militares, perguntamos imediatamente: para quê?", afirmou o presidente belarusso citado pela agência Belta.

Lukashenko observou ainda que a Ucrânia está aumentando seu contingente militar ao longo da fronteira belarussa.
"A Ucrânia continua aumentando as forças, concentrando unidades da guarda nacional [composta por] 'nacionalistas radicais'. Isto é pior do que as tropas da OTAN, e isto tudo nas proximidades da nossa fronteira nacional", declarou o presidente de Belarus.
Porta-voz presidencial russo Dmitry Peskov - Sputnik Brasil, 1920, 16.01.2022
Panorama internacional
Rússia não pode mais tolerar avanço da OTAN em direção à Ucrânia, diz porta-voz do Kremlin
O líder belarrusso falava em uma reunião realizada hoje (17) para discutir o plano de exercícios operacionais conjuntos das Forças Armadas de Belarus e da Rússia.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала