Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Forças especiais da Ucrânia estão sendo treinadas secretamente pela CIA, segundo relatos

© AP Photo / Carolyn KasterEmblema da CIA em sua sede em Langley, Virgínia, EUA
Emblema da CIA em sua sede em Langley, Virgínia, EUA - Sputnik Brasil, 1920, 17.01.2022
Nos siga noTelegram
De acordo com relatos, a CIA está treinando secretamente forças especiais da Ucrânia que poderiam atuar como "insurgência" no caso de uma "intervenção" da Rússia.
O programa inclui o treinamento do uso de armas, técnicas de camuflagem, navegação terrestre, táticas de como "se encobrir e mover" e coleta de dados de inteligência, observaram alguns ex-colaboradores da agência e da Segurança Nacional americana.
A CIA está supervisionando um programa secreto de treinamento das forças especiais da Ucrânia, relatou o Yahoo, citando diversos ex-integrantes da agência e ex-agentes da Segurança Nacional.
Porta-voz presidencial russo Dmitry Peskov - Sputnik Brasil, 1920, 16.01.2022
Panorama internacional
Rússia não pode mais tolerar avanço da OTAN em direção à Ucrânia, diz porta-voz do Kremlin
De acordo com seus dados, o programa, implantado no sul dos EUA, foi iniciado em 2015, durante o mandato de Barack Obama, e foi ampliado durante a presidência de Donald Trump e Joe Biden.
Diversos ex-funcionários também observaram que os paramilitares que trabalharam com a CIA efetuaram uma visita ao leste da Ucrânia em 2015 para realizar consultas.
Em relação aos objetivos do treinamento de várias semanas, as fontes do Yahoo forneceram diferentes informações a respeito.
"O propósito da capacitação [...] era prestar assistência na coleta [de dados] de inteligência", afirmou um alto funcionário de inteligência.
Enquanto isso, outro ex-funcionário declarou que realizou "o treinamento específico das competências para melhorar" as capacidades das tropas ucranianas de opor resistência aos militares russos no caso de uma eventual ofensiva de Moscou.
Além disso, há relatos de que o programa incluía "coisas táticas" que podem ser usadas como "ofensivas se os russos invadirem a Ucrânia".
Ao mesmo tempo, um ex-funcionário da CIA, familiarizado com os detalhes do programa, afirmou que o objetivo era "treinar a insurgência" e garantir aos militares ucranianos como "matar os russos".
Jen Psaki, porta-voz da Casa Branca, fala durante briefing na Casa Branca, Washington, EUA, 5 de janeiro de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 14.01.2022
Panorama internacional
EUA afirmam ter informação indicando que Rússia procura pretexto para invadir Ucrânia
Os militares treinados deveriam ser "líderes insurgentes" no caso de uma invasão da Rússia, observou um ex-agente da inteligência, adicionando que os EUA os treinaram durante oito anos e "são alguns dos melhores combatentes".
A informação a respeito, no entanto, não foi confirmada pela Agência Central de Inteligência. A porta-voz Tammy Thorp destacou que as declarações sobre o treinamento de insurgência "são simplesmente falsas".
A publicação ocorreu enquanto o Ocidente acusa a Rússia de preparar uma ofensiva contra a Ucrânia, sempre sem apresentar evidências.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала