Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Filipinas se tornam 1º cliente estrangeiro a confirmar compra de mísseis indo-russos BrahMos

CC BY 2.0 / Flickr.com / Mohit S / Réplicas de mísseis BrahMos (imagem de arquivo)
Réplicas de mísseis BrahMos (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 14.01.2022
Nos siga no
Manila comunicou a assinatura de um contrato de compra de mísseis de cruzeiro supersônicos BrahMos, cujo preço foi fixado em US$ 374,96 milhões.
As Filipinas se tornaram o primeiro cliente estrangeiro do míssil de cruzeiro supersônico BrahMos, produzido pela Índia e Rússia, anunciou na sexta-feira (14) o Departamento de Defesa Nacional filipino.
O aviso de adjudicação nota que o preço da compra do armamento é de cerca de US$ 374,96 milhões (R$ 2,07 bilhões).
Como então diretor executivo e diretor administrativo, trabalhei muito no duro pelo contrato das Filipinas nos últimos cinco anos conectando pessoas, pontos de ligação, procedimentos e forças invisíveis. BrahMos mostrou o caminho para exportações de defesa de alto valor. Jai Hind.
A variante de exportação do BrahMos lançado por navio tem um alcance de 290 km, o suficiente para as Forças Armadas das Filipinas poderem cobrir todos os alvos marítimos de superfície na maioria das águas territoriais do país. O BrahMos tem uma arquitetura de rede e múltiplas trajetórias, podendo destruir um alvo com uma velocidade de Mach 3, ou três vezes a velocidade do som.
© Sputnik / Aleksei Danichev / Abrir o banco de imagensMíssil russo-indo BrahMos
Míssil russo-indo BrahMos - Sputnik Brasil, 1920, 14.01.2022
Míssil russo-indo BrahMos
As Filipinas têm uma disputa territorial com a China no mar do Sul da China, e isso levou o caso ao tribunal da ONU em 2013.
A Índia ofereceu recentemente às Filipinas uma linha de crédito de US$ 100 milhões (R$ 552,93 milhões) para adquirir o sistema de mísseis, sendo que Manila também planeja adquirir duas baterias de mísseis BrahMos terrestres sob o programa de modernização das Forças Armadas 2018-2022.
Nova Deli também tem estado negociando a venda do armamento com vários países, que incluem a Tailândia, Indonésia, Egito e Vietnã.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала