Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Estudo sugere possível existência de magnetosferas em super-Terras que podem torná-las habitáveis

© NASA . Instituto de Astronomia e Astrofísica Dunlap / MediafarmSistema estelar HR 8799 (representação artística)
Sistema estelar HR 8799 (representação artística) - Sputnik Brasil, 1920, 14.01.2022
Nos siga no
Super-Terras é um nome dado a uma certa classe de planetas que são muito maiores do que o nosso planeta, mas também são mais leves que os gigantes gelados como Netuno e Urano.
É possível que os planetas gigantes chamados super-Terras possam ter uma magnetosfera, que é um escudo de radiação que torna possível a existência de vida em nosso planeta.
Nova pesquisa conduzida por cientistas do Laboratório Nacional Lawrence Livermore, na Califórnia, parece ter encontrado uma maneira de explorar essa oportunidade.
Richard Kraus e seus colegas usaram um dos lasers mais energéticos do mundo na Instalação Nacional de Ignição do laboratório para recriar a pressão no centro destas chamadas super-Terras, segundo aponta New Scientist.
Este experimento ajudou os pesquisadores a entender melhor as condições em que o ferro derrete nesses planetas, algo que é crucial saber a fim de descobrir se um determinado planeta pode ter sua própria magnetosfera e quanto tempo sua proteção duraria.
"Mapeamos a curva de fundição [...] para uma pressão quase quatro vezes maior àquela que alguma vez foi estudada anteriormente. Em seguida fomos capazes de abordar a questão de quanto calor um núcleo de ferro líquido precisa para que ele se solidifique totalmente", disse Kraus.
De acordo com as conclusões da equipe de pesquisa, os planetas com massa quatro a seis vezes superior à da Terra mantêm núcleos de metal líquido durante o maior período de tempo.
Isso torna possível que as super-Terras tenham magnetosferas de longa duração e sejam potencialmente habitáveis.
Enorme campo magnético ao redor da Terra - Sputnik Brasil, 1920, 23.12.2021
Sociedade e cotidiano
Cientistas detectam 1ª evidência de campo magnético em planeta fora do Sistema Solar (FOTO)
Segundo Guillaume Morard, da Universidade de Grenoble Alpes, na França, as mediações são importantes para uma melhor compreensão dos exoplanetas e do núcleo da Terra, juntamente com a força e duração da magnetosfera do planeta.
A magnetosfera da Terra protege o nosso planeta da radiação solar e de partículas cósmicas nocivas, bem como da erosão da atmosfera pelo vento solar. A magnetosfera está sendo "alimentada" pelo ferro fundido dentro do núcleo externo do planeta que gera o sistema de campos magnéticos capazes de manter o planeta seguro.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала