Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Trabalhador da saúde segura seringa em ponto de vacinação contra a COVID-19 em loja de departamentos GUM de Moscou, Rússia - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Propagação e combate à COVID-19
Informações atuais sobre a dissimilação de coronavírus no Brasil e no mundo. Fique por dentro das principais notícias sobre o tema.

EMA aprova estudos clínicos da vacina russa Sputnik V contra COVID-19

© REUTERS / Dado RuvicImagem ilustrativa de frascos da vacina russa Sputnik V
Imagem ilustrativa de frascos da vacina russa Sputnik V - Sputnik Brasil, 1920, 11.01.2022
Nos siga no
O diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya afirmou que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) deu parecer positivo quanto ao reconhecimento dos padrões de produção da vacina russa Sputnik V contra a COVID-19.
De acordo com Denis Logunov, vice-diretor do Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, a EMA autorizou o reconhecimento dos padrões de produção da vacina Sputnik V e aprovou os estudos clínicos da vacina contra a COVID-19.
"Com relação ao reconhecimento dos padrões de produção, o trabalho está em andamento, pois estes padrões de produção na Europa, China e Rússia devem ser harmonizados. E a EMA já chegou na parte sobre o reconhecimento dos padrões de produção, bem como dos estudos clínicos, e nós não temos críticas sobre estes estudos, recebemos uma conclusão positiva", declarou.
O Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya e o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo), investidor nas vacinas Sputnik V e Sputnik Light, anunciaram ter publicado o artigo "Dose de Reforço Sputnik Light após Vacinação com Sputnik V Induz Resposta Robusta de Anticorpos Neutralizantes da Variante B.1.1.529 (Ômicron) do SARS-CoV-2" no site medRxiv.
Ampolas com a vacina Sputnik V durante vacinação em Chisinau, Moldávia - Sputnik Brasil, 1920, 28.12.2021
Propagação e combate à COVID-19
Desenvolvedores da Sputnik V a Putin: estudos demonstram que vacina russa neutraliza Ômicron
A eficácia esperada da Sputnik V, com reforço da Sputnik Light, contra a cepa Ômicron pode ser superior a 80%.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала