Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Desenterrada em Roma estatueta de terracota de cão de 2.000 anos (FOTO)

© AP Photo / Gregorio BorgiaMulher com cão em um bairro de Roma, Itália, 3 de novembro de 2020
Mulher com cão em um bairro de Roma, Itália, 3 de novembro de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 04.01.2022
Nos siga no
Escavações em Roma revelaram um antigo complexo com uma urna funerária cerâmica intacta, que continha fragmentos de ossos e uma estátua da cabeça de um cachorro de terracota.
Os arqueólogos foram convocados pelos empregados que colocavam tubos para a empresa de serviços públicos Acea na Via Luigi Tosti, em um bairro romano, onde encontraram túmulos enterrados.
Além dos sepultamentos, a equipe desenterrou os restos de um jovem que aparentemente tinha sido enterrado na terra nu.
De acordo com os especialistas, o busto canino – pequeno o suficiente para caber na palma da mão – lembra partes decorativas de sistemas de drenagem.
Porém, a estátua do pequeno cachorro parece ter perdido o orifício de drenagem, ou talvez nunca teve um e foi criada para finalidade puramente estética.
1ª descoberta arqueológica romana de 2022, de pequenos sepultamentos romanos datados do século I a.C. na Via Luigi Tosti em Roma, no distrito de Appio Latino. Entre as descobertas, esta magnífica estatueta de terracota de um cão!
Os especialistas em cães disseram ao Daily Mail que foi complicado identificar o tipo de cão, pois dada a natureza da escultura, não havia senso de escala.
"Poderia ser representante de uma raça grande ou uma pequena raça de brinquedo", disse um especialista, acrescentando que raças de cães também mudaram significativamente ao longo dos últimos dois milênios.
"Durante o período romano, havia uma criação seletiva de cães para qualidades desejáveis e para funções específicas, tais como caça, guarda, companheiros, etc."
Os arqueólogos acreditam que as estruturas do complexo funerário tenham sido construídas entre o século I a.C. e o século I d.C.
Infelizmente, admitem eles, as estruturas parecem terem sido danificadas por obras de utilidade subterrâneas anteriores, realizadas na área antes da introdução de políticas destinadas à proteção do patrimônio da cidade.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала