Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

'É altamente improvável' que o Reino Unido envie tropas à Ucrânia em caso de escalada, diz Defesa

© flickr.com / UK Ministry of Defence Soldados britânicos
Soldados britânicos  - Sputnik Brasil, 1920, 20.12.2021
Nos siga no
É "altamente improvável" que o Reino Unido envie tropas à Ucrânia, no caso de a Rússia começar a implementar seus planos de escalada da situação em torno da Ucrânia, disse Ben Wallace, secretário de Defesa do Reino Unido.
"É um fato que [a Ucrânia] não é membro da OTAN, por isso é altamente improvável que alguém vá enviar tropas para a Ucrânia para desafiar a Rússia […] Não devemos enganar as pessoas sobre o que faríamos", afirmou Wallace citado pela revista The Spectator. O secretário de Defesa acrescentou que o povo ucraniano "está ciente disso".
No início de dezembro, o presidente dos EUA, Joe Biden, notou que nem os EUA nem a OTAN têm compromissos para defender a Ucrânia no caso de aumento de tensões. Jens Stoltenberg, secretário-geral da OTAN disse também que, enquanto a Ucrânia não for membro da Aliança, não terá as mesmas garantias de segurança que os países da OTAN.
Brigada polonesa junto aos soldados da divisão norte-americana durante manobras Anakonda 16 da OTAN, Polônia - Sputnik Brasil, 1920, 30.11.2021
Panorama internacional
EUA cercaram Rússia com bases militares e intensificam histeria perto das fronteiras, diz Lavrov
A Rússia tem repetidamente refutado alegações de países ocidentais e da Ucrânia de supostas "ações agressivas", dizendo que não tem quaisquer intenções de ameaçar ou invadir qualquer nação.
No entanto, recentemente Kiev e alguns países ocidentais têm expressado preocupação sobre o aumento de tropas da Rússia perto da fronteira ucraniana.
Segundo o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, Moscou movimenta as suas tropas dentro do seu território como acha necessário, e isso não é uma ameaça para ninguém e também não deve ser motivo de alarme para ninguém.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала