Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Ante 'Cúpula pela Democracia', China divulga relatório sobre 'doenças' do sistema político dos EUA

© REUTERS / Hyungwon KangBandeiras da República Popular da China e dos EUA em um poste de iluminação perto do Capitólio dos EUA, em Washington, EUA, 18 de janeiro de 2011
Bandeiras da República Popular da China e dos EUA em um poste de iluminação perto do Capitólio dos EUA, em Washington, EUA, 18 de janeiro de 2011 - Sputnik Brasil, 1920, 05.12.2021
Nos siga no
Neste domingo (5), o Ministério das Relações Exteriores da China lançou um relatório destacando a disfunção do sistema político americano antes da "Cúpula para a Democracia", organizada pelos EUA.
A cúpula organizada pelos EUA deve ocorrer neste mês e tem Taiwan, mas não a China, na lista de países convidados.
"Ao longo dos anos, a democracia nos EUA se tornou alienada e degenerada, desviando-se cada vez mais da essência da democracia e de seu projeto original. Problemas como políticas financeiras, políticas de identidade, disputas entre partidos políticos, polarização política, divisão social, tensão racial e disparidade de riqueza se tornaram mais agudos. Isso tudo enfraqueceu o funcionamento da democracia nos EUA", indica o relatório.
O relatório destaca que a democracia dos EUA tem três doenças importantes, que incluem o sistema ter problemas profundos, as práticas da democracia dos EUA serem confusas e caóticas e as consequências desastrosas do modelo democrático dos EUA quando aplicado em outros países.
Tanques e blindados de Taiwan executam manobras em simulação de guerra com a China, em 19 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 03.12.2021
Panorama internacional
Secretário de Estado dos EUA alerta China: invadir o Taiwan teria 'consequências terríveis'
De acordo com o ministério chinês, o maior problema que os EUA enfrentam com seu próprio modelo democrático é que frequentemente eles usam a democracia como justificativa para interferir nos assuntos internos de outros países, o que provoca ainda mais problemas.

"O que agora é imperativo para os EUA é conseguir trabalhar de modo realmente sério para garantir os direitos democráticos de seu povo e melhorar seu sistema de democracia ao invés de dar ênfase demais à democracia processual ou formal em detrimento da democracia substantiva e seus resultados", concluiu o relatório.

O ministério chinês declarou que a comunidade internacional deve se unir e combater outros problemas mais significativos, como a pandemia de COVID-19 e a crise climática.
Washington convidou 110 países para participarem da cúpula, com a China, Rússia, Arábia Saudita e uma dezena de outros Estados não sendo convidados. O fato que mais chamou a atenção foi a inclusão de Taiwan, que a China vê como uma província separatista, na lista de países convidados.
A cúpula virtual realizada pelo presidente dos EUA, Joe Biden, ocorrerá nos dias 9 e 10 de dezembro e vai focar nos desafios enfrentados por diversas democracias e suas oportunidades.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала