Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

França e Arábia Saudita se unem em iniciativa com objetivo de resolver crise no Líbano

© REUTERS / Corte Real SauditaO príncipe saudita, Mohammed bin Salman, recebe o presidente francês Emmanuel Macron em Jeddah, Arábia Saudita, em 4 de dezembro de 2021
O príncipe saudita, Mohammed bin Salman, recebe o presidente francês Emmanuel Macron em Jeddah, Arábia Saudita, em 4 de dezembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 04.12.2021
Nos siga no
Líderes de ambos países se encontraram hoje (4) em Jeddah para buscar medidas a fim de ajudar o Líbano diante da forte crise que abala o país. O primeiro-ministro libanês, Najib Mikati, também participou da conversa.
Neste sábado (4), França e Arábia Saudita concordaram em fazer mais para ajudar a população libanesa, com o objetivo de trabalhar para resolverem uma disputa diplomática entre Beirute e os estados do Golfo e pressionar, conjuntamente, o governo libanês para gerenciar a crise, segundo a Reuters.
O presidente francês, Emmanuel Macron, se reuniu com o príncipe herdeiro saudita Mohammed bin Salman, e disse, sem fornecer mais detalhes, que "agora vamos trabalhar de uma forma muito concreta para colocar isso entre nós dois", de acordo com a mídia.
Os líderes também conversaram com o primeiro-ministro libanês Najib Mikati. Macron disse que ligaria para seu homólogo do Líbano, Michel Aoun, em seu retorno a Paris.
© REUTERS / Corte Real Saudita O príncipe saudita, Mohammed bin Salman, recebe o presidente francês Emmanuel Macron em Jeddah, Arábia Saudita, 4 de dezembro de 2021
O príncipe saudita, Mohammed bin Salman, recebe o presidente francês Emmanuel Macron em Jeddah, Arábia Saudita, 4 de dezembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 04.12.2021
O príncipe saudita, Mohammed bin Salman, recebe o presidente francês Emmanuel Macron em Jeddah, Arábia Saudita, 4 de dezembro de 2021
Em outubro, Riad expulsou George Kordahi, o enviado do Líbano ao reino saudita, quando o mesmo fez comentários criticando o papel da Arábia Saudita na guerra no Iêmen, o que levou o país saudita a proibir as importações libanesas.
Na sexta-feira (3), Kordahi pediu demissão para ajudar a encerrar a disputa diplomática não só com o reino, mas com países do Golfo como os Emirados Árabes Unidos e Bahrein, que tomaram as "dores" sauditas e determinaram medidas semelhantes.
A mídia relata que Macron liderou esforços internacionais para resolver a crise política e econômica no Líbano. Mas, apesar de apostar muito de seu capital na questão por mais de um ano, falhou até agora em forçar os políticos em disputa do país a realizarem reformas econômicas que desbloqueariam uma ajuda externa vital.
O Líbano está lutando contra uma crise econômica profunda e precisa desesperadamente de apoio financeiro de doadores regionais e internacionais.
O líder do Hezbollah Sayyed Hassan Nasrallah, fala através de um link de vídeo, durante uma manifestação que marcou o Dia do Mártir do Hezbollah, no subúrbio sul de Beirute, Líbano, 11 de novembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 26.11.2021
Panorama internacional
Hezbollah importou mais de US$ 10 mi em combustível do Irã para ajudar Líbano, diz Nasrallah
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала