Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Pequeno planeta metálico é descoberto a apenas 31 anos-luz da Terra

© Foto / M. Weiss/Center for Astrophysics / Harvard & SmithsonianIlustração artística do exoplaneta WASP-62b localizado a 575 anos-luz da Terra
Ilustração artística do exoplaneta WASP-62b localizado a 575 anos-luz da Terra - Sputnik Brasil, 1920, 03.12.2021
Nos siga no
Os especialistas estabeleceram a massa, composição e órbita do planeta longínquo, acreditando que a descoberta seja importante na busca de uma "segunda Terra".
Uma equipe de astrônomos descobriu um planeta fora do Sistema Solar, um dos menores planeta metálicos já detectados, localizado a apenas 31 anos-luz da Terra. É um mundo rico em ferro que gira em torno de sua estrela uma vez a cada oito horas.
O denominado GJ 367b tem um tamanho semelhante a Marte, porém tem uma densidade quase igual à do ferro puro.
Trata-se do menor exoplaneta cuja composição os cientistas já puderam determinar, segundo a astrônoma Kristine Lam, do Instituto de Pesquisa Planetária do Centro Aeroespacial alemão, em um estudo publicado no dia 2 de dezembro na revista Science.
Os astrônomos ainda não entenderam como o planeta foi formado, porém acreditam que sua descoberta seja importante para futuras pesquisas.

"Parece ser semelhante a Mercúrio. Isso o deixa entre os planetas terrestres ou rochosos de tamanho inferior à Terra e faz com que a pesquisa dê um passo adiante na busca de uma 'segunda Terra'", afirmou Lam.

O GJ 367b tem uma temperatura abrasiva, que se mantém entre os 1.300 e 1.500 graus Celsius durante o dia, o que o torna completamente inabitável.
O exoplaneta HD 209458b transita por sua estrela - Sputnik Brasil, 1920, 29.11.2021
Sociedade e cotidiano
Descoberto grande exoplaneta 5 vezes maior que Júpiter onde o ano dura apenas 16 horas
Além disso, a equipe de pesquisa foi capaz de estabelecer que ele tem pouco mais de 9.000 quilômetros de diâmetro, com uma densidade de 8.106 gramas por centímetro cúbico.
A descoberta também "mostra nossa capacidade de medir a massa dos planetas inferiores à Terra [...] Poder observar este tipo de planeta, apesar de estar a muitos anos-luz de nós, é fascinante e promete a descoberta de diversos planetas semelhantes à Terra no futuro", afirmou David Armstrong, astrônomo da Universidade de Warwick.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала