Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Barbados se torna mais nova república afastando rainha Elizabeth II como chefe de Estado (VÍDEO)

© REUTERS / POOLCerimônia pública de tomada de posse presidencial em que Barbados se torna uma república, em Bridgetown, capital da nação insular
Cerimônia pública de tomada de posse presidencial em que Barbados se torna uma república, em Bridgetown, capital da nação insular
 - Sputnik Brasil, 1920, 30.11.2021
Nos siga no
Em uma iniciativa que tinha sido debatida há anos, a primeira-ministra Mia Mottley anunciou em 2020 que Barbados, uma ex-colônia do Reino Unido, se tornaria uma república em novembro de 2021 no 55º aniversário da sua independência, afastando a rainha britânica como chefe de Estado.
A ilha caribenha de Barbados – uma antiga colônia do Reino Unido – foi declarada uma república, afastando a rainha Elizabeth II como chefe de Estado e rompendo com a sua história colonial.
A transição foi realizada solenemente na presença do príncipe Charles, herdeiro do trono britânico, enquanto o estandarte real foi arriado na Praça dos Heróis em Bridgetown, capital da nação insular.
Sandra Mason foi empossada como a primeira presidente de Barbados. Em uma mensagem para Mason, a rainha disse que estendeu suas "felicitações a você e a todos os barbadianos" ao enviar seus votos para "de sua felicidade, paz e prosperidade no futuro", enfatizando a importância da "continuação da amizade" com o Reino Unido.
Falando durante o Discurso do Trono anual em nome da primeira-ministra Mia Mottley, a então governadora-geral disse:

"Chegou a hora de deixar para trás totalmente o nosso passado colonial. Barbadianos querem um chefe de Estado barbadiano".

Barbados tinha alcançado a independência em 1966, tornando-se uma democracia parlamentar e uma monarquia constitucional, com a rainha sendo a chefe de Estado simbólica.
A última vez que a rainha Elizabeth II foi removida do cargo de chefe de Estado foi em 1992, quando a ilha de Maurício, situada no oceano Índico, proclamou-se uma república.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала