Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Rússia responderá se alguém tentar testar sua defesa, diz embaixador russo nos EUA

© REUTERS / Maksim ShemetovBandeira da Rússia na Torre Spasskaia do Kremlin de Moscou, Rússia, 27 de fevereiro de 2019
Bandeira da Rússia na Torre Spasskaia do Kremlin de Moscou, Rússia, 27 de fevereiro de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 27.11.2021
Nos siga no
Anatoly Antonov, embaixador russo no Estados Unidos, falou sobre a relação diplomática e política entre Moscou e Washington, incluindo a manutenção das sanções impostas pelos EUA à Rússia.
O governo norte-americano não retirou as sanções aplicadas à Rússia apesar de as acusações de envolvimento de Moscou nas eleições presidenciais de 2016 do país norte-americano terem sido refutadas, disse Anatoly Antonov, embaixador russo em Washington, EUA.
"O ‘castelo de cartas' das acusações sobre a intromissão nas eleições já se desmoronou, apareceram pessoas que falam justamente o contrário sobre o que aconteceu em 2016", comentou Antonov em vídeoentrevista ao Solovyov Live, canal russo no YouTube.
Ele ressaltou que "a política de sanções não muda, as sanções não estão sendo retiradas", enquanto políticos norte-americanos falam a favor de introduzir novas sanções.
Trabalhadores em canteiro de obras do gasoduto Nord Stream 2, próximo à cidade de Kingisepp, região de Leningrado, Rússia (foto da arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Senadores dos EUA introduzem emenda na lei de defesa para impor sanções ao Nord Stream 2
Por causa disso, 27 diplomatas russos terão de abandonar os EUA no início de 2022, referiu o diplomata.

"Estão expulsando nossos diplomatas. Em 30 de janeiro sairão de cá [dos EUA] 27 pessoas com suas famílias, e em 30 de junho saíra um número semelhante", informou o embaixador da Rússia. As esposas dos diplomatas estão perdendo acreditação e os filhos começaram a deixar de receber vistos, uma política que viola a posição oficial de defesa das famílias dos EUA, mencionou Anatoly Antonov.

Além disso, o embaixador da Rússia apontou possíveis passos ameaçadores da Aliança Atlântica e aliados nas fronteiras com a Rússia.
"Há quem diga que pode aparecer uma cabeça desesperada na Ucrânia ou um grupo de combatentes que tentará testar a firmeza da defesa russa, esperando que não vamos responder, que teremos medo do potencial da OTAN", afirmou, sublinhando que tal posição "é um equívoco muito perigoso".
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала