Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Hezbollah importou mais de US$ 10 mi em combustível do Irã para ajudar Líbano, diz Nasrallah

© AP Photo / Hussein MallaO líder do Hezbollah Sayyed Hassan Nasrallah, fala através de um link de vídeo, durante uma manifestação que marcou o Dia do Mártir do Hezbollah, no subúrbio sul de Beirute, Líbano, 11 de novembro de 2021
O líder do Hezbollah Sayyed Hassan Nasrallah, fala através de um link de vídeo, durante uma manifestação que marcou o Dia do Mártir do Hezbollah, no subúrbio sul de Beirute, Líbano, 11 de novembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 26.11.2021
Nos siga no
Líder diz que grupo gastou quantia milionária em combustível iraniano e que parte do produto seguiu para ONGs libanesas, municípios, hospitais governamentais e outras organizações.
Nesta sexta-feira (26), em um discurso transmitido pela TV, o líder do Hezbollah, Sayyed Hassan Nasrallah, disse que desde setembro o grupo gastou mais de US$ 10 milhões (R$ 56 milhões) em combustível subsidiado do Irã para o povo libanês, segundo a Reuters.
O líder ainda afirmou que US$ 2,6 milhões (R$ 14,5 milhões) em combustível foram fornecidos gratuitamente para ONGs libanesas, municípios, hospitais governamentais e outras organizações, enquanto mais de US$ 7,5 milhões (R$ 42 milhões) foram vendidos a preços subsidiados no país.
© AP Photo / Bilal HusseinApoiadores do Hezbollah agitam bandeiras iranianas e do Hezbollah, enquanto celebram a chegada de petroleiros iranianos ao Líbano, 6 de setembro de 2021
Apoiadores do Hezbollah agitam bandeiras iranianas e do Hezbollah, enquanto celebram a chegada de petroleiros iranianos ao Líbano, 6 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 26.11.2021
Apoiadores do Hezbollah agitam bandeiras iranianas e do Hezbollah, enquanto celebram a chegada de petroleiros iranianos ao Líbano, 6 de setembro de 2021
Em meados de setembro, o Hezbollah começou a importar combustível iraniano via Síria, em uma ação que o grupo disse ter como objetivo lidar com a escassez no país causada por sua crise econômica esmagadora.
O petroleiro de nome Faxon estava realizando o transporte através do país sírio com o objetivo de levar petróleo ao Líbano por via terrestre para contornar as sanções dos EUA.
URGENTE, CONFIRMAÇÃO VISUAL: O navio-tanque iraniano FAXON (9283758) está descarregando 33.000 toneladas métricas de gasóleo. Incapaz de entregar diretamente por mar ao Líbano devido às sanções, o navio se dirigiu para Baniyas, Síria, para transferência terrestre. Deve exigir 1.310 cargas de caminhão.

O Líbano está em meio a uma crise de combustível que já dura meses, a qual começou no início deste ano depois que o governo ficou sem moeda forte para pagar seu fornecimento de energia.

A escassez fez com que a companhia elétrica da nação mediterrânea reduzisse drasticamente a geração da energia, e forçou as empresas e as residências a dependerem de geradores privados ou poderiam ficar sem energia.
A central elétrica flutuante turca Karadeniz Powership Fatmagul (à esquerda) gera eletricidade para ajudar a aliviar a pressão sobre o setor energético do Líbano - Sputnik Brasil, 1920, 09.10.2021
Apagão total ocorre no Líbano após encerramento de 2 usinas elétricas por falta de combustível
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала