Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Governo Biden tenta remover sanções contra Nord Stream 2 de orçamento de Defesa, diz mídia

© Foto / Anton VaganovTrabalhadores em canteiro de obras do gasoduto Nord Stream 2, próximo à cidade de Kingisepp, região de Leningrado, Rússia (foto da arquivo)
Trabalhadores em canteiro de obras do gasoduto Nord Stream 2, próximo à cidade de Kingisepp, região de Leningrado, Rússia (foto da arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 25.11.2021
Nos siga no
A administração de Joe Biden estaria pressionando os democratas no Congresso para removerem as sanções contra o gasoduto Nord Stream 2 (Corrente do Norte 2) do projeto de lei anual de Defesa.
A Câmara dos Representantes já aprovou a versão de orçamento de Defesa, que inclui novas sanções contra o gasoduto Nord Stream 2. No entanto, a versão de orçamento do Senado contém quatro alterações para impor novas sanções.
Os esforços do governo Biden de remover as sanções ligadas ao projeto têm enfrentado resistência por parte dos dois partidos no Congresso.
Para a administração norte-americana, é especialmente importante remover as restrições contra as entidades alemãs envolvidas na construção do Nord Stream 2, revela a Foreign Policy, citando os assessores parlamentares.
Altos funcionários do governo americano, incluindo o secretário de Estado Antony Blinken e o conselheiro sênior para segurança energética global, Amos Hochstein, entraram em contato com os legisladores na semana passada, instando-os a remover as sanções.
A administração Biden considera as sanções contra o Nord Stream 2 contraproducentes para restaurar as relações dos EUA com a Alemanha. No entanto, os esforços da Casa Branca foram infrutíferos, de acordo com a mídia.
O gasoduto submarino Nord Stream 2, que liga a Rússia e a Alemanha através do mar Báltico, gerou controvérsia desde o início de sua construção.
Nesta segunda-feira (22), Antony Blinken, anunciou que os Estados Unidos impuseram novas sanções contra dois navios e uma empresa ligada à Rússia, a Transadria Ltd., por participação do projeto.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала