Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil, 1920
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Ricardo Salles diz que Sergio Moro é 'comunista' e 'a favor das drogas'

© Folhapress / André CoelhoO ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em entrevista sobre a criação do Conselho da Amazônia, em Brasília, 20 de janeiro de 2021
O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em entrevista sobre a criação do Conselho da Amazônia, em Brasília, 20 de janeiro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 24.11.2021
Nos siga no
Ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles declara que Sergio Moro faz uma "política de dissimulação" e que aceitou ser ministro de Bolsonaro sem ter "nada a ver" com o governo.
Nesta quarta-feira (24), o ex-ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse que o ex-ministro da Justiça e agora possível candidato à presidência, Sergio Moro (Podemos), é "comunista" e "a favor das drogas", de acordo com o jornal O Globo.
"A política de Moro é a política da dissimulação, da traição. O cara aceitou ministro do Bolsonaro sabendo que não tinha nada a ver com o governo, que ele é de esquerda, que ele é contra as armas, ele é a favor de drogas. Ele é comunista. O Moro é comunista, lógico que ele é comunista", disse Salles durante um programa na rádio Joven Pan.
Salles, que deixou o cargo de ministro em junho deste ano após ser alvo de investigação dentro do Ministério do Meio Ambiente, atualmente é comentarista da rádio.
Depois da sua fala, os colegas de programa acharam as declarações exageradas, e um respondeu: "Me ajuda a te ajudar, Salles. Moro é de centro-esquerda".
O ex-chefe do Meio Ambiente rebateu: "Vai dizer que o Moro não é esquerda? O Moro é centro-esquerda. O Moro é um tucano".
© Folhapress / Pedro LadeiraEm Brasília, o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles conversam durante evento (foto de arquivo)
Em Brasília, o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles conversam durante evento, em 1º de agosto de 2019 - Sputnik Brasil, 1920, 24.11.2021
Em Brasília, o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles conversam durante evento (foto de arquivo)
De acordo com o UOL, ao contrário do que afirmou Salles, Moro já afirmou ser contra a liberação da maconha, mas, em entrevista ao apresentador Ratinho, do SBT, em julho de 2019, afirmou ser a favor do seu uso medicinal.
Sobre as leis que facilitam o acesso às armas, o ex-ministro da Justiça disse, em julho de 2020, que "concorda até determinado nível", porém, avaliou que a política poderia virar um problema de segurança pública, segundo a mídia.
O ministro da Justiça, Sergio Moro, durante entrevista exclusiva à Folha em seu gabinete em Brasília em 19 de março de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 05.11.2021
Notícias do Brasil
Moro começa campanha antigoverno: 'Sepultada Lava Jato, a próxima vítima parece ser Plano Real'
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала