Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Absolvição de Kyle Rittenhouse divide população nos EUA e gera protestos (VÍDEOS)

© REUTERS / Sean KrajacicKyle Rittenhouse entra no tribunal com seus advogados Mark Richards e Corey Chirafisi para uma reunião convocada pelo juiz Bruce Schroeder no Tribunal do Condado de Kenosha em Kenosha, EUA, 18 de novembro de 2021
Kyle Rittenhouse entra no tribunal com seus advogados Mark Richards e Corey Chirafisi para uma reunião convocada pelo juiz Bruce Schroeder no Tribunal do Condado de Kenosha em Kenosha, EUA, 18 de novembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 20.11.2021
Nos siga no
Jovem norte-americano foi absolvido após disparar contra manifestantes e matar dois em protestos antiracistas em 2020. Conclusão do júri indignou parte dos norte-americanos, incluindo a vice-presidente, Kamala Harris.
Na sexta-feira (19), o júri de Wisconsin decidiu que Kyle Rittenhouse não é culpado de nenhuma das acusações feitas sobre ele diante da morte de dois ativistas, e ferimento de um terceiro, durante uma marcha do Black Life Matters em 25 de agosto de 2020 em Kenosha, EUA.
Rittenhouse foi julgado por homicídio e tentativa de homicídio por ter atirado em Joseph Rosenbaum, Anthony Huber e Gaige Grosskreutz, sendo que os dois primeiros morreram em decorrência dos ferimentos. Na época, o jovem tinha 17 anos e alegou ter feito os disparos em legítima defesa.
Rittenhouse estava armado com um fuzil AR-15, e imagens gravadas por testemunhas registraram o momento em que manifestantes tentaram desarmá-lo após ele atirar em um deles. O adolescente então fez disparos à queima-roupa contra seus perseguidores, o que resultou em duas mortes. ​
© REUTERS / Mídia AssociadaKyle Rittenhouse fala sobre como Gaige Grosskreutz estava segurando sua arma quando Rittenhouse atirou nele em 25 de agosto de 2020
Kyle Rittenhouse fala sobre como Gaige Grosskreutz estava segurando sua arma quando Rittenhouse atirou nele em 25 de agosto de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 20.11.2021
Kyle Rittenhouse fala sobre como Gaige Grosskreutz estava segurando sua arma quando Rittenhouse atirou nele em 25 de agosto de 2020
O caso dividiu severamente o público norte-americano, com um campo insistindo que Rittenhouse era culpado e precisava ser condenado, e defensores do oposto alegando que o caso era "político" e que as acusações contra o adolescente foram alimentadas por um "culto à esquerda".
A intensidade da divisão sobre a conclusão do caso chegou até a presidência da República. O presidente, Joe Biden, disse em um discurso no gramado da Casa Branca que se mantinha dentro do "que o júri concluiu" e que "o sistema funciona, temos que obedecê-lo".
Já a vice-presidente, Kamala Harris, afirmou em suas redes sociais que "o veredicto de hoje fala por si. Passei a maior parte da minha carreira trabalhando para tornar nosso sistema de Justiça criminal mais equitativo. É claro, ainda há muito mais trabalho a fazer".
Após a revelação do júri, a polícia relatou diversos motins e protestos, em várias cidades dos EUA, com parte da população indignada com o resultado da sentença.
© REUTERS / David Dee DelgadoManifestantes cruzam a ponte do Brooklyn enquanto protestam contra o veredicto de Kyle Rittenhouse, na cidade de Nova York, Nova York, EUA, 19 de novembro de 2021
Manifestantes cruzam a ponte do Brooklyn enquanto protestam contra o veredicto de Kyle Rittenhouse, na cidade de Nova York, Nova York, EUA, 19 de novembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 20.11.2021
Manifestantes cruzam a ponte do Brooklyn enquanto protestam contra o veredicto de Kyle Rittenhouse, na cidade de Nova York, Nova York, EUA, 19 de novembro de 2021
Em Portland, no estado do Oregon, as manifestações foram ainda mais fortes.
Uma pessoa que usava uma cadeira de rodas foi derrubada durante um protesto que foi declarado um motim pelas autoridades esta noite. A polícia de Portland entrou em confronto com manifestantes que se reuniram no centro da cidade após a absolvição de Kyle.
Em meio aos motins, manifestantes entraram em embate com a polícia.
A polícia de Portland nos Estados Unidos impôs um "regime de distúrbios" após uma escalada após a absolvição de Kyle Rittenhouse.
Prédios ficaram danificados após serem apedrejados pela revolta das pessoas com o veredicto.
O prédio do Multnomah County Office foi danificado depois que os manifestantes de Portland tomaram as ruas no centro da cidade, muitos expressaram frustração em relação ao veredicto de Kyle Rittenhouse.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала