Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Prédio é descoberto em Israel e seria evidência de batalha ocorrida há 2.100 anos (FOTOS)

Monastério em Israel - Sputnik Brasil, 1920, 16.11.2021
Nos siga noTelegram
De acordo com arqueólogos, edifício encontrado durante escavações seria a prova de que uma batalha ocorreu entre hasmoneus e selêucidas gregos por volta de 112 a.C.
Nesta terça-feira (16), a Autoridade de Antiguidades de Israel (IAA) anunciou que encontrou na estrutura de um edifício escavado armas, vigas de madeira queimadas, dezenas de moedas e uma estrutura helenística na floresta de Laquis, segundo o The Times of Israel.
Forte helenístico destruído pelos hasmoneus descoberto na floresta de Laquis.
O órgão informou que a estrutura e os achados são a evidência de uma batalha entre os hasmoneus e os selêucidas gregos há cerca de 2.100 anos. As escavações revelaram um edifício de 15 metros por 15, que foi projetado como uma unidade bem fortificada por volta de 112 a.C.

"[…] Parece que descobrimos um edifício que fazia parte de uma linha fortificada erguida pelos comandantes do Exército helenístico para proteger a grande cidade de Maresha de uma ofensiva hasmoneu", disse o órgão em comunicado citado pela mídia.

Adicionalmente, os arqueólogos afirmam também que "as descobertas de agora mostram que as defesas selêucidas não tiveram sucesso, o prédio escavado foi gravemente queimado e devastado pelos hasmoneus".
O edifício está localizado no topo de uma colina que na época dava vista para a antiga estrada principal, a qual corria ao longo do leito do riacho Nahal Lachish e teria servido como uma artéria conectando a área central à planície costeira.
As paredes da estrutura tinham mais de três metros de espessura e eram construídas com grandes pedras dispostas em declive na parte externa, para evitar escaladas.
Estrutura helenística fortificada destruída por Hasmoneus descoberta em escavações arqueológicas na Floresta de Laquis, Shephelah
Lá dentro, havia sete quartos e uma escada que levava a um segundo andar, que não foi preservado. Os arqueólogos estimaram que o edifício teria cerca de cinco metros de altura.
Depois de retirarem uma série de pedras do local, centenas de achados vieram à superfície como cerâmicas, estilingues, armas de ferro, vigas de madeira queimadas e dezenas de moedas datadas do final do século II a.C..
Peças de cerâmica - Sputnik Brasil, 1920, 04.10.2021
Centenas de peças de cerâmica são descobertas em assentamento de 9 mil anos na Turquia (FOTO, VÍDEO)
"Com base nos achados e nas moedas, a destruição do prédio pode ser atribuída à conquista da região de Iduméia pelo líder hasmoneu John Hyrcanus por volta de 112 a.C.", disseram os arqueólogos.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала