Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Pentágono: helicóptero iraniano voou a 23 metros circulando navio dos EUA 3 vezes no golfo de Omã

© Foto / Public DomainUSS Essex, navio de assalto anfíbio dos EUA
USS Essex, navio de assalto anfíbio dos EUA  - Sputnik Brasil, 1920, 16.11.2021
Nos siga no
Uma situação potencialmente perigosa entre o Irã e os EUA foi evitada no golfo de Omã na passada quinta-feira (11), declarou John Kirby, porta-voz do Pentágono, em uma reunião com jornalistas nesta segunda-feira (15).
O Departamento de Defesa dos EUA afirmou que, em 11 de novembro, um helicóptero iraniano passou a uma distância de cerca de 23 metros do lado de bombordo do USS Essex e voou "a cerca de 3 metros da superfície do oceano".
Informa-se também que o helicóptero circulou o navio militar americano por três vezes antes de se afastar.
"Quando você tem outra força armada [...] que voa assim, definitivamente corre o risco de algum tipo de escalada e um erro de cálculo de ambos os lados, e isso não ajuda. Este [incidente] terminou pacificamente, mas isso não significa que foi seguro e profissional, definitivamente não foi", disse Kirby escreve repórter Caitlin Doornbos do portal Stars and Stripes.
As forças dos EUA identificaram o helicóptero iraniano, que "operou de forma insegura e pouco profissional", como sendo da Marinha da República Islâmica do Irã.
O reconhecimento do incidente pelo Pentágono surge poucos dias após um vídeo, que apareceu nas redes sociais, mostrar a visão de cabine de um helicóptero passando baixíssimo e muito perto de um navio de assalto anfíbio da Marinha dos EUA.
Voo muito perigoso e baixo de helicóptero iraniano Sea King a apenas metros de distância do USS Essex da Marinha dos EUA. Humilhando-o ao passar pelo estreito de Ormuz.
As tensões entre os EUA e o Irã têm estado elevadas desde 2018, quando a administração norte-americana do então presidente Donald Trump abandonou o acordo nuclear, ou Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA, na sigla em inglês), assinado com o Irã em julho de 2015, reimpondo fortes sanções econômicas ao país e levando Teerã a aumentar gradualmente o enriquecimento de urânio.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала