Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Pessoas usando máscaras de proteção caminham por rua em Paris, França, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Sociedade e cotidiano
As principais notícias, reportagens e artigos sobre sociedade e a rotina cotidiana.

Novo estudo mostra que Supersaurus pode ter sido dinossauro mais comprido que já existiu (FOTO)

© AFP 2021 / Ted AljibeFóssil de um dinossauro Lufengosaurus
Fóssil de um dinossauro Lufengosaurus  - Sputnik Brasil, 1920, 16.11.2021
Nos siga no
O Supersaurus, um gigante de 39 metros de comprimento, já havia sido considerado um dos maiores dinossauros que se tem conhecimento, no entanto, a nova pesquisa mostra que ele foi, de fato, o dinossauro mais comprido que já viveu na Terra.
O gênero Supersaurus pertence ao dinossauros saurópodes, uma espécie de quadrúpedes vegetarianos, de grande porte e longos pescoços. O primeiro Supersaurus foi encontrado por Jim Jensen em 1972 em um depósito cheio de ossos.
Depois, ele encontrou mais restos no local, os quais, segundo ele, pertenciam a outros dois dinossauros, o Ultrasaurus e o Dystylosaurus. No entanto, Jensen teria cometido alguns erros em sua análise, de acordo com o portal Live Science.
Ao longo dos anos, os paleontólogos debateram se eram três dinossauros distintos ou se seus ossos foram erroneamente identificados e na verdade todos pertenciam a um único Supersaurus.
Esta reclassificação de três dinossauros em um fornece um espécime de Supersaurus mais completo para estudar, o que é útil para estimar seu comprimento.
Supersaurus pode ser o dinossauro mais comprido que já viveu.
Uma nova pesquisa liderada pelo paleontólogo Brian Curtice mostrou evidências de que todos os ossos encontrados pertencem de fato a um único Supersaurus e que seu comprimento é ainda maior do que se acreditava.
O estudo revelou que quando o Supersaurus viveu há cerca de 150 milhões de anos, no período Jurássico, tinha um comprimento entre 39 metros e 42 metros do focinho à cauda.
Mesmo o comprimento de 39 metros é maior do que o de seu adversário, o Diplodoco, que poderia atingir 33 metros.
Para a análise, Curtice e sua equipe usaram os ossos recém-identificados do primeiro Supersaurus encontrado. Desde a descoberta original, outros paleontólogos já descobriram novos esqueletos que supostamente pertencem a Supersaurus.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала