Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Barbados será 1ª nação soberana com embaixada digital no metaverso

© Foto / Pixabay / PromiseMediaBridgetown, Barbados (imagem referencial)
Bridgetown, Barbados (imagem referencial) - Sputnik Brasil, 1920, 16.11.2021
Nos siga no
A ilha caribenha de Barbados começou os preparativos para tornar-se a primeira nação soberana a ter uma embaixada digital no metaverso. A instituição diplomática deverá começar a funcionar no próximo mês de janeiro.
O Ministério das Relações Exteriores e Comércio Exterior de Barbados fechou um acordo no domingo (14) com a Decentraland, um dos maiores e mais populares mundos digitais com tecnologia de criptografia, para estabelecer uma embaixada digital, informou o portal CoinDesk citando um comunicado de imprensa.
O governo também está celebrando acordos com "Somnium Space, SuperWorld e outras plataformas do metaverso".
Os projetos ajudarão Barbados a comprar terrenos, projetar embaixadas e consulados virtuais, além de oferecer serviços como "vistos eletrônicos" e construir um "teletransportador" que permitirá aos usuários transportarem seus avatares entre os distintos mundos virtuais.
Tão orgulhoso hoje por dar boas-vindas ao governo de Barbados em Decentraland, estabelecendo a primeira embaixada no metaverso.
Por sua vez, o embaixador de Barbados nos Emirados Árabes Unidos, Gabriel Abed, explicou que a criação da embaixada digital foi aprovada em agosto, e é considerada uma forma de "diplomacia tecnológica" capaz de "abrir portas" para um maior intercâmbio cultural entre a ilha e outros países.
"Esta é uma forma de Barbados expandir suas missões diplomáticas para além das 18 que têm atualmente, com mais de 190 países em todo o mundo. Isso nos permite abrir portas, usando a diplomacia tecnológica, que depois se estende à diplomacia cultural, a qual envolve o comércio de arte, música e cultura", disse Abed.
De acordo com a previsão, a instituição diplomática começará a funcionar no próximo mês de janeiro e cumprirá a lei internacional e a Convenção de Viena.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала