Membros da comitiva de uma delegação em frente da sede das Nações Unidas durante a 76ª sessão da Assembleia Geral da ONU em Nova York, 21 de setembro de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Panorama internacional
Notícias sobre eventos de todo o mundo. Siga informado sobre tudo o que se passa em diferentes regiões do planeta.

Armas antissatélite da Rússia são ameaça aos EUA, diz Pentágono

CC BY 2.0 / Flickr.com / Centro de Voo Espacial Goddard / Satélite dos EUA sobrevoando a Terra (imagem de arquivo)
Satélite dos EUA sobrevoando a Terra (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 15.11.2021
Nos siga noTelegram
O Departamento de Estado e o Departamento de Defesa dos EUA criticaram a Rússia pelo teste de míssil antissatélite conduzido nesta segunda-feira (15), e foi prometida uma resposta.
Ned Price, porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, acusou a Rússia de seu teste de míssil espacial de segunda-feira (15) provocar a queda de detritos.

"Anteriormente hoje [15] a Federação da Rússia conduziu irresponsavelmente um teste de satélite destrutível de uma ascensão direta de míssil antissatélite contra um de seus próprios satélites", anunciou.

"Este teste aumentará significativamente o risco a astronautas e cosmonautas na Estação Espacial Internacional, bem como a outras atividades de voos humanos ao espaço. [...] Os EUA trabalharão com nossos aliados e parceiros para responder à ação irresponsável da Rússia", continuou, sem detalhar medidas específicas.
Além disso, as armas antissatélite em desenvolvimento pela Rússia representam uma ameaça potencial aos EUA e outras potências espaciais, sublinhou na segunda-feira (15) John Kirby, vice-secretário de Defesa norte-americano.
"Estamos monitorando de perto os tipos de capacidades que a Rússia tem pretendido desenvolver, que constituiriam uma ameaça não só aos nossos interesses de segurança nacional, mas também aos incentivos de segurança de outras nações espaciais" , afirmou, acrescentando que os EUA defendem o desenvolvimento de normas universais, que seriam adotadas pela comunidade internacional para explorar o espaço.
Segundo Kirby, os testes russos são perigosos principalmente por criarem nuvens de lixo espacial, que também podem afetar a Estação Espacial Internacional e seus tripulantes.
Estação Espacial Internacional (imagem de arquivo) - Sputnik Brasil, 1920, 17.06.2021
FOTO incrível mostra o quão rápido Estação Espacial Internacional está se movendo
Vários países, incluindo os EUA, possuem armas antissatélite. O país norte-americano derrubou em 1985 com um míssil ASM-135 ASAT a bordo do caça F-15 seu satélite científico Solwind, a 555 km de altura. Em 2008 o mesmo aconteceu com o satélite militar USA-193, que foi destruído por um míssil terra-ar SM-3 a 247 km de altura.
Ivan Moiseev, diretor-geral do Instituto de Política Espacial russo, comentou que o setor militar dos EUA fala de ameaças a seus objetos espaciais por parte da China e a Rússia para obter mais financiamento por parte do Congresso norte-americano, e que tais preocupações remontam ao "momento de lançamento do primeiro satélite espacial artificial".
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала