Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

'Pura fabricação': Pequim rejeita acusações de espionagem contra cidadão da China nos EUA

© AP Photo / Liu ZhengWang Wenbin, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, durante coletiva de imprensa em Pequim, China, 13 de novembro de 2020
Wang Wenbin, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, durante coletiva de imprensa em Pequim, China, 13 de novembro de 2020 - Sputnik Brasil, 1920, 08.11.2021
Nos siga no
Ministério das Relações Exteriores da China reagiu à condenação de Xu Yanjun nos EUA por supostas tentativas de roubar segredos comerciais de empresas norte-americanas.
As acusações de espionagem contra um cidadão chinês nos EUA são "pura fabricação", disse na segunda-feira (8) o Ministério das Relações Exteriores da China, citado pela agência britânica Reuters.
"A alegação é pura fabricação", comentou em Pequim, China, Wang Wenbin, porta-voz da chancelaria chinesa, sobre o caso de Xu Yanjun, descrito como um "oficial de inteligência" pelo Departamento de Justiça (DoJ, na sigla em inglês) dos EUA.
"Exigimos que os EUA tratem o caso de acordo com a lei, e de maneira justa, para assegurar os direitos e interesses do cidadão chinês", apontou ele.
O DoJ comunicou na sexta-feira (6) que Xu foi condenado por um júri federal norte-americano por conspiração para roubar segredos comerciais de várias empresas aeronáuticas e aeroespaciais dos EUA desde pelo menos 2013, incluindo a GE Aviation, pertencente à multinacional norte-americana General Electric.
© REUTERS / Andrew KellySímbolo do Departamento de Justiça dos EUA em sua sede em Washington, EUA, 10 de maio de 2021
Símbolo do Departamento de Justiça dos EUA em sua sede em Washington, EUA, 10 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 09.11.2021
Símbolo do Departamento de Justiça dos EUA em sua sede em Washington, EUA, 10 de maio de 2021
O cidadão da China enfrenta até 60 anos de prisão e uma multa que poderá ultrapassar US$ 5 milhões (R$ 27,72 milhões), depois que o Departamento de Justiça o chamou de "primeiro oficial da inteligência chinesa a ser extraditado aos EUA para julgamento".
O cidadão chinês tinha sido extraditado da Bélgica para os Estados Unidos.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала