Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

O que as 'pedras de vidro' do deserto do Atacama têm a ver com queda de cometa?

CC BY 2.0 / Observatório Europeu do Sul / New Image of Comet ISONImagem do cometa C/2012 S1 (ISON)
Imagem do cometa  C/2012 S1 (ISON) - Sputnik Brasil, 1920, 04.11.2021
Nos siga no
Novo estudo publicado na revista Geology sugere que o mistério das "pedras de vidro" no deserto chileno do Atacama foi solucionado.
De acordo com a pesquisa, esta região desértica, que é a mais seca do nosso planeta, sediou uma antiga explosão de cometa suficientemente forte para criar fragmentos de vidro silicato.
Cientistas acreditam que o cometa fundiu areia em vidro silicato em uma área de 75 quilômetros. Estima-se que o evento ocorreu aproximadamente 12.000 anos atrás e os primeiros habitantes humanos poderiam ter testemunhado o acontecimento.
Os fragmentos de vidro têm atraído a atenção de pesquisadores há muitos anos. Alguns acreditavam que um vasto incêndio de pastos ou possivelmente uma erupção vulcânica teriam sido a causa do evento enigmático. No entanto, especialistas conseguiram finalmente descartar essas duas opções, e encontrar evidências convincentes de apoio a uma explicação extraterrestre.
O vidro do deserto do Atacama é verde-escuro e preto, e contém pequenos fragmentos de minerais que geralmente são encontrados em rochas de origem extraterrestre.
Além disso, o vidro apresenta sinais de ter sido girado, enrolado, amassado e arremessado enquanto estava derretido, dando, assim, crédito à probabilidade de uma grande explosão de cometa no ar ter criado e dispersado o material.
Em análises posteriores foi descoberto que minerais chamados zircões se decompuseram termicamente para formar um derivado extremamente raro conhecido como baddeleyita, que normalmente só acontece a temperaturas superiores a 1.650 graus Celsius.
Detalhes deste evento curioso provocam outros questionamentos, uma vez que a data da explosão é estimada muito perto da época em que os grandes mamíferos desapareceram na área. É esperada a realização de mais estudos para determinar a idade do vidro para ajudar a saber a data em que ocorreu a explosão.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала