Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

OMS aprova uso emergencial da vacina Covaxin da Índia

© REUTERS / Adnan AbidiMinistro da Saúde da Índia, Harsh Vardhan, segura dose da vacina Covaxin contra a COVID-19. Arquivo Foto
Ministro da Saúde da Índia, Harsh Vardhan, segura dose da vacina Covaxin contra a COVID-19. Arquivo Foto - Sputnik Brasil, 1920, 03.11.2021
Nos siga no
A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou a vacina Covaxin, desenvolvida pela empresa indiana Bharat Biotech. O imunizante se junta a outros seis permitidos para uso emergencial.
A OMS concedeu permissão para o uso emergencial da Covaxin, segundo comunicado oficial divulgado na quarta-feira (3).
"O Grupo de Aconselhamento Técnico, convocado pela OMS e composto por especialistas em regulação de todo o mundo, determinou que a vacina Covaxin atende aos padrões da organização para proteção contra a COVID-19, e que o benefício da vacina supera, em muito, os riscos. A vacina pode ser usada", disse a OMS.
​A OMS concedeu a lista de uso de emergência (EUL) para COVAXIN (desenvolvida pela Bharat Biotech), adicionando a um portfólio crescente de vacinas validadas pela OMS para a prevenção de COVID-19.
O medicamento foi desenvolvido pela empresa indiana Bharat Biotech, em colaboração com o Instituto Nacional de Virologia de Pune.
Além da Covaxin, a organização certificou até agora seis vacinas: o imunizante da Pfizer/BioNTech, Covishield da AstraZeneca, vacina da Johnson & Johnson, mRNA-1273 da Moderna, BBIBP-CorV da Sinopharm e CoronaVac da Sinovac.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала