Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Fuzileiros britânicos 'dominaram' seus parceiros dos EUA em exercício militar, conta mídia

© Foto / Domínio público / Corpo de Fuzileiros da Marinha dos EUA / David JordanInstrutor da Marinha dos EUA dispara nova pistola SIG Sauer M18
Instrutor da Marinha dos EUA dispara nova pistola SIG Sauer M18 - Sputnik Brasil, 1920, 03.11.2021
Nos siga no
Os Fuzileiros Reais do Reino Unido conseguiram, supostamente, derrotar com sucesso seus colegas norte-americanos durante um treinamento militar no deserto Mojave na Califórnia, nos EUA.
Um esquadrão de fuzileiros britânicos foi destacado para uma base de fuzileiros dos EUA em Twentynine Palms, no mês passado, durante os exercícios Green Dagger 2021, com o objetivo de testar uma nova estrutura das forças.
Antes disso, as tropas britânicas já tinham realizado exercícios com seus homólogos dos Países Baixos, dos Emirados Árabes Unidos e do Canadá.
Ao final de cinco dias de exercícios, o Comando 40 proclamou no sábado (30) que saiu "vencedor" do treinamento, sem revelar mais detalhes. Porém, o The Telegraph relatou que os Fuzileiros Reais do Reino Unido "dominaram" seus colegas norte-americanos.
Os exercícios conjuntos tiveram lugar em uma área de mais de 3.500 quilômetros quadrados de deserto e montanhas, incluindo uma zona urbana com pessoas fingindo serem civis. As forças britânicas começaram o exercício controlando 20% dessa área e acabaram detendo 65% do território no final da batalha.
Vencedores!
Fuzileiros Reais triunfam em parte da equipe multinacional no Exercício Green Dagger 21. O exercício de guerra em vários domínios de cinco dias foi concluído com um final épico de combate próximo no deserto de Mojave.
Supostamente, os soldados britânicos conseguiram tomar vantagem de seus homólogos norte-americanos alvejando o quartel-general e equipamentos vitais dos EUA, o que acabou "paralisando" os fuzileiros de Washington. Os caças e artilharia do Reino Unido tiveram um papel fundamental em ajudar o Comando 40 a avançar, tendo este repelido um contra-ataque final dos soldados dos EUA.
O tenente-coronel Andy Dow, que comandou a força britânica no treinamento, disse que estavam experimentando uma nova força estrutural chamada Grupo de Resposta Litoral (LRG, na sigla em inglês). Londres planeja reorganizar seus fuzileiros em dois LRGs, sendo que um permaneceria no Reino Unido, enquanto o outro seria enviado para algum lugar a "este do Suez", de acordo com a emissora militar britânica Forces.
O LRG do Oriente Médio deverá ser composto por 500 militares britânicos e 120 holandeses, junto com navios e aeronaves de guerra.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала