EUA revelam com que objeto colidiu submarino nuclear no Indo-Pacífico

© AFP 2022 / Mack Jamieson / Marinha dos EUASubmarino de ataque rápido norte-americano USS Connecticut, de classe Seawolf, na base naval Kitsap-Bremerton, Washington, 27 de maio de 2021
Submarino de ataque rápido norte-americano USS Connecticut, de classe Seawolf, na base naval Kitsap-Bremerton, Washington, 27 de maio de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 02.11.2021
Nos siga noTelegram
O porta-voz da 7ª Frota dos EUA, Hayley Sims, assegurou que seu comandante, o vice-almirante Karl Thomas, "decidirá se são apropriadas outras medidas de acompanhamento, inclusive a prestação de contas".
O submarino de propulsão nuclear USS Connecticut colidiu no dia 2 de outubro contra um desconhecido monte subaquático quando cumpria uma missão no mar do Sul da China, segundo o portal USNI News.
"A investigação determinou que o USS Connecticut ficou encalhado em um monte submarino desconhecido enquanto operava em águas internacionais na região do Indo-Pacífico", citou o porta-voz da 7ª Frota dos EUA, Hayley Sims, que assegurou que seu comandante, o vice-almirante Karl Thomas, "determinará se são apropriadas outras medidas de acompanhamento, inclusive a prestação de contas".
Após o acidente, que deixou diversos tripulantes feridos, o submarino foi levado a Guam, onde atualmente está sendo submetido a uma série de reparos por danos em sua seção dianteira e nos tanques de lastro.
Além disso, o portal cita que a Marinha ainda está determinando todas as correções necessárias para poder partir de Guam de forma segura e continuar com os reparos.
O USS Connecticut entrou em operação em 1998 e é um dos três submarinos de classe Seawolf. Ele abriga uma tripulação de 126 pessoas e pode transportar torpedos e mísseis balísticos, bem como minas.
Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала