Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Putin advertiu Biden sobre ideia de instalar bases militares na Ásia Central, diz Lavrov

© AP Photo / Aleksandr Zemlyanichenko Presidente russo Vladimir Putin (à esquerda) aperta a mão de seu homólogo norte-americano Joe Biden durante cúpula EUA-Rússia em Genebra, Suíça, 16 de junho de 2021
 Presidente russo Vladimir Putin (à esquerda) aperta a mão de seu homólogo norte-americano Joe Biden durante cúpula EUA-Rússia em Genebra, Suíça, 16 de junho de 2021  - Sputnik Brasil, 1920, 01.11.2021
Nos siga no
O presidente russo, Vladimir Putin, advertiu o presidente norte-americano, Joe Biden, sobre os intentos de instalar bases militares na Ásia Central durante o encontro deles em Genebra em junho, informou o chanceler russo.
"Em vista disso, nós, desde o início, já prevíamos o que aconteceria, e o presidente [Vladimir Putin] falou a Biden sobre o assunto em junho, quando eles se encontraram em Genebra, já que o tema surgiu", contou Sergei Lavrov em um programa no canal de televisão Rossiya 24.
Segundo as palavras do chanceler, Putin disse a Biden o seguinte: "Nós somos veementemente contra o fato de vocês tentarem, segundo ouvimos, acordar com os países centro-asiáticos a implantação de parte da infraestrutura militar em seus territórios a fim de lançar, caso necessário, os chamados ataques além do horizonte contra o território do Afeganistão".
Lavrov notou que os Estados Unidos apresentaram essa proposta não só aos vizinhos do Afeganistão na Ásia Central, mas também a outros países, como o Paquistão e o Uzbequistão.
"Sabendo como os americanos são importunadores, eu não descarto que eles continuem apresentando o mesmo assunto de diversos ângulos. A última coisa que eu ouvi foi que eles alegadamente estariam tentando envolver a Índia nisso, para ceder ao Pentágono certas possibilidades no território indiano", acrescentou o chanceler russo.
Em 25 de outubro, o enviado da Rússia ao Afeganistão, Zamir Kabulov, negou as supostas negociações com os EUA sobre uma possível presença militar deste país na Ásia Central.
Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала